28 agosto 2011

e se enchêssemos o site da presidência com o que nos atormenta?



Por exemplo.....como fez este colega? afinal para que servem os sites e os blogs e as redes sociais? ein?? Não é exactamente para dizermos o que temos a dizer??


MENSAGEM ENVIADA NO SITE DO PR


Prof Anibal Cavaco Silva.
Fiquei deveras estupefacto com a sua recente proposta de reintroduzir o imposto sucessório e sobre as doações. Vamos ver se eu entendo. Sou e sempre fui funcionário público e a minha única fonte de rendimentos advém do meu trabalho, uma vez deduzidos os impostos, que como já deve ter percebido raiam já o verdadeiro “roubo oficial”. Do dinheiro... que me resta, uma vez pagos os meus encargos correntes é possível que me reste uma verba que pode ter dois destinos: gasto supérfluo ou poupança/investimento.
Como tenho dois filhos a estudar e o futuro, que o meu caro e os demais políticos nos “cozinharam”, não é promissor, acho por bem optar pela poupança para lhes poder proporcionar uma ajuda até terem a sua vida organizada. Essa poupança, repito provém única e exclusivamente do meu salário, já deduzidos os correspondentes impostos.
Porém, o senhor, entende então que para a deixar aos meus descendentes, através de herança pós-mortem ou mesmo doação em vida, o Estado deve ainda cobrar….um novo imposto, sobre o anterior?
Sr Presidente, penso que é altura dos nossos governantes pensarem bem no que dizem, se deixarem de ideias absurdas e terem em conta que a paciência do Zé Povinho têm os seus limites. A minha…já está bem perto do fim, de forma que já nem consigo mais ler e ouvir tanta tolice sem ficar com uma certa pirose.
Espero que possa ler o que acabo de escrever ou que a mensagem lhe seja transmitida por algum assessor. Cumprimentos.

Rui Suzano
Médico
BI 4246420

3 comentários:

Álex disse...

bem dito sim sr!!!

Piotr Kropotkine disse...

eu acho que começa a ser largamente insuficiente encher mailzinhos e mensagenzinhas ... eu já tou mais por umas pedradas .... já começa a feder .... e se o boliqueime fosse pagar impostos das permutas dele?

Melancia disse...

Muito bem dito.
Cá por casa até, à laia de cumprimento matinal, já iniciamos o dia com um "deixa cá ver como é que nos vão lixar hoje"