28 abril 2011

ainda bem que a ProTest falou no assunto,




porque é um exercício que faço regularmente: avaliar preços de viagens. Não que viaje muito, com muita pena minha que deus não me tenha feito nascer já com os meios necessários, mas por curiosidade e para ficar com uma ideia. De facto, compensa cada vez mais marcar viagens pela Net. Os portais são seguros, é fácil, e escandalosamente mais barato.
Segundo o Sol, a DECO analisou 17 sites de viagens nos quais encontrou diferenças de quase 600 euros para três noites no mesmo hotel e tipo de quarto. Seiscentos!!!
Por exemplo, três noites no mesmo quarto no Hotel Rome Cavalieiri custa 1371 euros na agência Abreu e 772,50 euros no booking.com, ou seja, menos 598,50 euros. Em Lisboa, um quarto no Holiday Inn custa 415,80 euros no hotéis.com e 226,87 no exit.pt, menos 188,93 euros.
Por experiencia própria (consulta de programas), já me tinha apercebido que a Abreu é das operadoras mais caras do Mercado. De excluir, mesmo. Para quem preferir viagens com o acompanhamento de guias e respectivas visitas, nos chamados pacotes, escolha uma agência pequena, que trabalhe com operadores mais baratos e de boa qualidade, o que não é nada dificil.

Para os "desenrascados", a marcação na Net, suplanta tudo. Quem tiver paciência, até pode encontrar promoções fantásticas. Tudo se compra com antecedência na Net, ou não fizessem as agências exactamente o mesmo....


O Booking é dos portais mais usados para hoteis e a Logitravel para viagem. Mas há um mundo a explorar. Vejam a CityDiscovery para passeios , actividades e atracções em determinado local.


Aventurem-se por (relativamente, claro) pouco dinheiro.

3 comentários:

Pêndulo disse...

Mas eu quero uma viagem só de ida !

Anónimo disse...

Paz a tua alma.

intruso

Anónimo disse...

É preciso falar inglês - e com segurança, para se ter a certeza do que se está a comprar. Logo, pode ser para toda a gente que a Cristina conhece, mas não é para toda a gente.