13 fevereiro 2011

manhãs perfeitas

Jardim à chuva

Panquecas com requijão e mel.

Música Islandesa- Sigur Ros
.
pra fechar a manhã em beleza, só outra anedota politica :))

**Na reunião do Conselho de Segurança da ONU, S. M. Krishna leu durante três minutos o mesmo discurso que Luís Amado tinha proferido momentos antes. É que o ministro indiano pegou, por engano, nas folhas do discurso do seu homólogo português, que estava ao seu lado na mesa do Conselho de Segurança. Chegou mesmo a afirmar, convictamente, a sua satisfação por se encontrar com outro país de língua portuguesa, o Brasil.....:p
.
fantástico! para a anedota ser perfeita, melhor que a incompetência, só mesmo juntando a senilidade.

2 comentários:

dalloway disse...

Eu gosto do seu jardim no verão, no outono, no inverno, na primavera, quando ainda estava a ser imaginado, plantado, sonhado...Ver o jardim - que está liiindo!- através do vidro com goticulas da chuva, a saborear umas panquecas com requeijão e mel polvilhado por *Sigur Ros é assim qualquer coisa de idilico, mas também provoca nesta minha cabeça aquela coisa.....mmmm...como se chama?!....ahhh já sei...inveja, é isso.... in.ve.ja!

*delicioso pormenor da imagem. A musica deles é despida de tanta coisa mas aconchega e apazigua.

**a troca do discurso parace uma coisa do outro mundo e a convicção com que foi dito ou merece um Oscar ou internamento. É caso para dizer que Luis Amado deve pedir direitos de autor :)

Cristina disse...

Dalloway

'cê me deixar sem jeito....:p