05 fevereiro 2011

Ahhhh!!Agora percebo porque é que a democracia me está a cheirar tão mal....



"o governo tem a obrigação de garantir a decência pública e de introduzir ordem no país".
O ministro da Justiça e Assuntos Constitucionais do Malaui, George Chaponda,considerou que o mau hábito de libertar gases intestinais em público é uma consequência directa da democracia, sendo, em sua opinião, necessário que as pessoas aprendam a "controlar a natureza".

"Este hábito não existia nos tempos da ditadura porque os cidadãos temiam as consequências, mas desde que o país abraçou a democracia multipartidária há 16 anos as pessoas começaram a sentir que podem libertar gases em qualquer lado", referiu o ministro da Justiça, que propôs a criminalização.

O Partido Democrático Progressista, ao qual pertence o ministro, parece levar o assunto tão a sério como o próprio Chaponda e está disposto a usar a sua maioria parlamentar para aprovar uma nova lei que torne ilegal a flatulência.
.
Despropositado??? Olhem que.....afinal.....não parece.

a Malawian is quoted as saying: “How can this government criminalise the release of intestinal gases …. Everyone does that, even if it’s in public or it has an accompanying sound which is boring, making it criminal is a joke of democracy”

Another said he “support(s) the bill and is welcome. Sometimes breaking wind in public or during meetings is a disturbance of the peace".

4 comentários:

Pêndulo disse...

Irreal lololololol

Animal disse...

num sítio onde não há nada pra comer, soltar gases é um sinal exterior de riqueza. Criminalizar, acho mal, mas aplicar um imposto... até o nosso injinheiro era capaz de ponderar...

Fado Alexandrino disse...

Fui três ou quatro vezes a Blantyre que era a capital do Malawi antes de mudar de nome após a independência.

De lembrar que Banda se proclamou presidente vitalício deste pequeno, simpático e lindo país.

Leio hoje que a escola que a Madonna ia construir lá (por troca com o garoto que levou) está parada.

Não sei porquê, não me admiro nada.

Anónimo disse...

Cá não há esse receio, eles já cheiram tão mal que nem precisam de se peidarem ahahahh.

BFS abraço
intruso