31 janeiro 2011

The Kids Are All Right


.
Um casal lésbico com dois filhos do mesmo doador, vê-se perturbado pelas dúvidas e inseguranças dos filhos, pelas suas próprias, e pela incursão da inevitável quinta pessoa.
É honesto, bem representado, e tem episódios cómicos sem resvalar para a palhaçada, que é a forma de o tema ser aceite em 90% dos casos. O que é um crescimento substancial.
.
"As crianças estão bem", retrata uma vida de casal normalíssima (Bening's Nic, a doctor and by-the-book breadwinner and Moore's Jules, the easy-going stay-at-home half) com os seus normalíssimos problemas, emoções e conflitos . Surpreendentemente convencional e, talvez por isso, vá dar que falar e que pensar.
O casamento Gay é assunto mas não é um problema. O que é bom. No fundo, tudo gira à volta de como as familias se mantêm juntas e se amam em tempo de crise.
.

Annette Bening, Julianne Moore e Mark Ruffalo estão excelentes.

1 comentário:

Álex disse...

tb. gostei muito apesar de que no fim acho que deixam o pai mal parado