16 janeiro 2011

afinal...há sempre merdas que me irritam


Telma Monteiro ganhou neste sábado a medalha de ouro do World Masters em judo, categoria -57 quilos, ao bater na final a japonesa Kaori Matsumoto. Começou por afastar no primeiro combate Marti Malloy (EUA), seguindo-se Kifayat Gasimona (Azerbaijão), Jan-Di Kim (Coreia do Sul) e agora a líder do “ranking” mundial na categoria e actual campeã do mundo.

Assim que soube, fui à procura da reportagem. Nada. Nenhuma foto do combate de Telma na imprensa, nenhuma reportagem do evento; apenas notícias secas do resultado, aqui e ali, vindas lá de longe, tiradas não sei de onde. Ninguém lá foi, ao que parece.

Foi uma surpresa, ninguém adivinhava, foi um acontecimento inesperado?? Não. Quem tem prestado um pouco de atenção à modalidade e a Telma sabe que não. A Telma Monteiro é a segunda melhor atleta do mundo da modalidade. Do Mundo!
.
Mas hoje, importante mesmo, digno de todas aberturas e de todas as primeiras páginas, é o Bettencourt , esse prodígio, esse extraordinário talento da vida desportiva nacional e internacional!
Mas está bem..... Pelo menos acompanha a mediocridade da vida nacional dos últimos dias...

6 comentários:

juntando os cantinhos disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
juntando os cantinhos disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
juntando os cantinhos disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
juntando os cantinhos disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Pêndulo disse...

O futebol é como os eucaliptos.

sem-se-ver disse...

completamente de acordo.