30 dezembro 2010

fronti nulla fides

sendo assim....e já que faltam menos de 24 horas para acabar o ano, vou começar a cumprir a última promessa blogueira: acabar o ano com os dois posts mais lidos, relidos e googlados de sempre, do Contra Capa. eu disse quando divulguei esta intençao, que os dois tinham a ver com sexo. Um que de alguma maneira reflecte uma certa liberdade sexual, e outro, que pelo contrário.
Começo pelo segundo mais visto, que foi publicado em 25 de Junho de 2009 .

.... uma das melhores colaboradoras deste blog, desde há muitos anos, e como é costume, de vez em quando vem cá dar-me uma abanadela e dizer ó faxavor, diga lá o que é que pensa sobre isto! :)) aconteceu mais uma vez, e ainda bem.
Então façam o favor de ler estes excertos do artigo do Luís Pedro Nunes no Expresso, sobre os libertinos e sobre um determinado fórum que ele explica como funciona.




Pergunta-me a amiga Julinha, o que penso eu deste tipo de fóruns.

http://www.gp-pt.net/ (link)
Antes de mais, penso bem de todos os fóruns onde se discutam interesses comuns desde que estes não correspondam a qualquer acção para prejudicar terceiros. E então de um fórum onde se discute prazer, onde se dão dicas e conselhos, onde se e se partilham experiências, boas e más, penso melhor ainda. Claro que fui ver, e diverti-me. Quanto à partilha propriamente dita, se não for escrita é em rodas de amigos, ela existe sempre e não vejo mal em que seja pública, é como tudo: não nos entra à força pelos olhos dentro, ou se lê ou não, portanto, a escolha é sempre nossa. Quanto ao conteúdo em si, amiga, dava pano prás mangas dos chineses todos. É como diz: é um manancial de informação para a medicina, a psicologia, a sociologia, a criminologia, etc... mas, vou pegar no exemplo que trouxe, porque penso que pode ser de EXTREMA UTILIDADE para quem nos lê.
Diz assim:
Ela era tudo o que eu poderia esperar, mas não é disso que queria falar... durante o acto, estava ela por cima, quando faz uma cara de assustada. Sai rapidamente e olhamos os dois para o preservativo completamente roto. Ela vai a correr para a casa de banho e mete-se no duche muito assustada. Eu vou atrás. Garantiu-me que estava limpa. Eu também, mas isso não a assegurou. Tal como ela a mim. Voltou para o quarto onde segui a pensar "bem... acho que só pago meia hora, é pegar na roupa e..." quando reparo estava ela em cima da cama a chamar-me. Mete um dos preservativos dela, e... Ok, foi MUITO bom.
Mas agora estou com um medo incrível. Isto já aconteceu a algum de vocês? A primeira coisa que fizer quando chegar a Portugal, vai ser ir ao meu médico de família... o gajo vai-se passar. Presumo que tenha que fazer análises de sangue.

.


serve o excerto para aqui introduzir uma informação que pode ser crucial para quem lê e tem a ver com o que se deve fazer em caso de relações ditas de risco. Aqui fica:
.
RELAÇÕES DE ALTO RISCO, COMO É O CASO-relações com prostitutas..

A PREVENÇÃO DA TRANSMISSÃO FAZ-SE SÓ ATÉ ÀS 72 HORAS após relação sexual. Do seguinte modo:

HIV
TRATAMENTO COM ANTIRETROVIRAIS DURANTE 28 DIAS.
HEPATITE B
EM INDIVIDUO VACINADO- faz primeiro análises e só faz reforço se necessário
EM INDIVIDUO NÃO VACINADO
FAZ IMUNOGLOBULINA ESPECÍFICA PARA HEPATITE B. (até à 72 horas)
.
Nota: tem que ir a um serviço de urgência que possa oferecer estes kites de prevenção.
.

.
O proximo, o mais lido de sempre, será publicado lá pelas 24 horas.

Sem comentários: