13 dezembro 2010

aaahhh!! esta é maravilhosa! tão coincidente com a personagem....

WikiLeaks
Outros dois pontos perturbam a relação de Portugal com os EUA: o tardio reconhecimento da independência do Kosovo e uma redução, decidida em 2007, dos efectivos portugueses no Afeganistão.
Em ambos os casos, os diplomatas norte-americanos atribuem a responsabilidade a Cavaco. “Suspeito que a grande pressão de Cavaco Silva para a redução das tropas no Afeganistão é motivada, em parte, pelo mal-estar pessoal de nunca ter sido recebido pelo Presidente Bush”, escreve o embaixador Alfred Hoffman, depois de manter contactos com Cavaco em Novembro de 2007.

O El País cita ainda um telegrama de outro embaixador, Thomas Stephenson, reiterando esta interpretação: “Os nossos interlocutores sugerem que [os problemas com o Afeganistão e o Kosovo] estão vinculados ao mal-estar de Cavaco Silva” por não ter sido recebido por George W. Bush, de cujo pai “se considera amigo pessoal”.
.
.
E o Primeiro, ein? sempre pronto a jurar pela saúdinha de quem mais ama ..... que o Governo “nunca” tinha recebido qualquer pedido dos EUA “para sobrevoo do nosso espaço aéreo ou para aterragem na Base das Lajes de aviões que se destinassem ao transporte ou à transferência de prisioneiros”.
.
É extraordinário....enquanto noutros países como Inglaterra ou EUA os politicos se demitem por qualquer escândalo de saias, aqui mente-se por assuntos de Estado e siga pra Bingo!

2 comentários:

Pêndulo disse...

O que mais me espanta é que há muito tresandam àquilo que são e continua a ser eleitos. E se não forem são outros iguais.

HRP FELIZ!!!! disse...

Esses países europeus!
Sempre comendo nas mãos sujas de sangue dos americanos......
Quanto mais abaixa mais apareçe a bunda!
KKKKKKKK...