20 outubro 2010

É o caos... já o dizem os espanhóis!!!

Sinceramente, e pelo que tenho escutado, parece que a sociedade civil nacional, encolheu os ombros, e continua como se nada fosse.... ou melhor, "como se fosse coisa do destino"; ou "é a vida"; "eles é que sabem" ou o "vulgar é a crise"... depois das portagens nas SCUT; do novo aumento do IVA e outras medidas que ainda nem tomei consciência...

Mas desculpem lá... 77 euros de portagem por 76 kms!? é como cobrar 300€ na A1 de Lisboa ao Porto!!! Se ao Sócrates lhe ocorre tal, vai fazê-lo! Porque só terá de aguentar "manifs" de meia dúzia de gatos pingados, durante dois dias, porque terminado este período, esta meia dúzia de gatos pingados pensa que tem de comer, e não pode prescindir de mais dias de trabalho...

Em França, pelo aumento da idade da reforma, e outras medidas impopulares andam a virar carros do avesso, os jovens da Secundária dizem que não querem uma vida de: "estudar, metro, trabalhar, metro, sepultura"... e é o que se tem visto... desde os anos 60, quando o governo gaulês se lembra de impôr uma ideia brilhante, até a rainha perde a cabeça... Em Portugal, mandamos duas bojardas brejeiras para as camaras de televisão e vamos para casa contar à família, e sentamos-nos à frente da TV para nos vermos a nós próprios a fazer figura de urso...

No que diz respeito às portagens nas SCUT, ainda para mais com carro de matrícula estrangeira, querem obrigar-me a pagar por adiantado... não pago, nem compro, nem pago multa!!! Que me prendam, que me dêm comida, cama e roupa lavada durante 30 anos por recusar-me a ser roubado...

É óbvio que o acto de governação necessita em momentos medidas impopulares; mas por exemplo, as portagens nas SCUT nacionais, o único que vai acontecer, é o que já aconteceu, por exemplo aqui em Espanha, fazem-se campanhas de informação sobre este novo sistema, basta clicar no título deste post, e ler o que escreveu o EL MUNDO. Mas com isto em vez de aumentar as receitas geradas pelos estrangeiros que nos visitam, a tendência será a inversa...

e o IVA a 23%??? como se pretende fomentar o consumo com isto? Com tudo isto, só tenho vontade de pedir um curso avançado ao Bin Laden, voltar a Lisboa, e começar no Terreiro do Paço, passar pela AR e acabar em Belém... e depois ligar ao Marquês "olá Marquês, como vai isso??? olha desculpa lá agora não foi um terramoto seguido de maremoto, mas tens outra vez a baixa de Lisboa para reconstruir... desculpa lá o mau jeito!"

6 comentários:

Cristina disse...

eu fico espantadissima como é que ninguem diz nada.....


será possivel??

será que as pessoas ja se aperceberam?

Pêndulo disse...

Não será de dizer. Há muito que digo ser preciso fazer. Somos governados pelo medo. É altura de quem o faz ter medo, pela sua vida e pela dos que lhe são queridos.
De outra forma vamos morrer aos poucos, transformados em escravos de elites económico-políticas, tal como em qualquer país de Leste acontecia.

dalloway disse...

Ao ler isto lembrei-me disto:

http://www.youtube.com/watch?v=JOfARzlRhI4

A cabeça por vezes tem destas coisas!

Álex disse...

en castellano: vamos de guatemala a guatepeor...

Paulo Lopes disse...

Sabe quem disse que cada povo tem o que merece ? Pois é, por muito fatal que seja certa filosofia anti-devaneio previu tudo isto históricamente. E eu que pousei a doutrina há tantos anos iludido pelo bem estar crescente que imaginava irreversível e, pior, do qual imaginava fazer parte.... A vista de helicóptero que tanto recomendo ter-me-ia desiludido a tempo, mas fiquei-me, como muitos de nós, pela cómoda abordagem rasa.
Só não estou de acordo com o Bin L, temos formas muito mais naturais de tratar estes temas, não precisamos certamente de maus exemplos especialmente se eles próprios colocam as virgens do além à frente dos bois... É que, bois de arrasto já temos, só precisamos de lhe reduzir o açucar que é a corrupção que minou o aparelho colocando no lugar do serviço público, em vez de profissionais vocacionados, os arrivistas do dinheiro fácil. Porque a corrupção é inimiga da competência e neste caso é a incompetência irresponsável que precisamos de levar a julgamento....

Orlando Paulo disse...

O julgamento que é preciso é mesmo o do "juízo final", porque culpados já temos, somos todos nós os que têm permitido com o silêncio e a falta de acção o avançar da incompetência e do compadrio.
Mas autoestradas a 1 € por Km, isso é aonde?