29 setembro 2010

o que me lixa mesmo,


É saber que há 30 anos que filhos da puta uns atrás dos outros, correndo o espectro todo desde ministros a secretários, directores, presidentes, administradores, e toda a corja que seguramente não estará agora preocupada com o pagamento dos empréstimos da casa ou a escola dos filhos, contribuíram e continuam a contribuir para a situação económica em que nos encontramos sem que contas lhes sejam pedidas.

É viver num país onde a classe média que trabalha duramente e cumpre escrupulosamente os seus impostos, porque não tem como fugir, se irá tornar no alvo principal do roubo completamente escandaloso e imoral que o estado lhe prepara. Classe média essa que, obviamente, tem os dias contados.
.
Sinceramente........ parte-se-me o coração com o ar consternado com que o primeiro e o outro vieram anunciar ao país a obrigatoriedade de nos roubar o ordenado. Não se preocupem..... continuaremos a trabalhar com o maior gosto para ajudar o país!

8 comentários:

Eric Blair disse...

corja de incompetentes

Fado Alexandrino disse...

Há vida para lá disto.
Dei uma pequena ajuda com uma ideia que coloquei no meu blog.
Sirvam-se.

Pêndulo disse...

Apanhámos com o aumento do IRS há pouco, agora os funcionários públicos apanham com 1% de aumento no desconto para a aposentação, Em Janeiro perco mais 3.5 % e IVA a 23%. Ou seja, em pouco mais de meio ano o meu rendimento real diminui uns 6%. Estão a ver as compras de Natal que vou fazer, eu e os outros. Estão também a ver o que vai acontecer às lojas...
Eu disse logo na altura, em 2009, ano de eleições, quando me aumentaram" Estes gajos estão doidos? Vamos pagar este aumento tão caro, mas tão caro".

Anotei uma coisa na comunicação do PSD ontem. nem uma palavra sobre a função pública. Nem uma palavra sobre 700.000 portugueses.

Francis disse...

tudo com a nossa conivência...agora pagamos e não bufamos.

O Almeida disse...

Bem dito!
Toca a pegar numa vassoura e limpar esta escumalha!
Sabes...estamos fodidos!

Animal disse...

não sei... acho que as putas merecem mais consideração, para se estar sempre a dizer que esses gajos são filhos delas.

Melancia disse...

onde é que eu assino?
ainda noutro dia, dizia isto mesmo e me olharam de lado, quando afirmei que esta meia dúzia de individuos, que por aqui andam a enterrar o pais à 30 anos, deveria ser julgada, porque os buracos que apareceram não vieram do nada! para o raio mais a imunidade que detêm! mas parece que a memória é curta, e que o pais está todo intoxicado com o discurso do muito que ganham os funcionários publicos, e nesta intoxicação os governantes tem sabido ser excelentes! os funcionários que conheço não são os que acomulam pensões e cargos, não são os que cirandam (porque dirigir, será um termo errado na maioria dos casos) por esses institutos, fundações e empresas publicas.
gostei particularmente do que foi ventilado na comunicação social, à cerca de 4 anos atrás: não se sabe quantos funcionários publicos existem... como é que não se sabe?! sendo nós obrigados a cumprir escrupulsamente com os nossos impostos? então não sabem quem e quanto cada um desconta para a CGA? ou para a ADSE? seríamos 700 mil nessa altura, entretanto, sabe-se o que tem acontecido, e ainda ontém o mesmo numero se mantinha na comunicação social?
então e taxar off-shores? nada? é que parece, segundo o professor silva lopes, que há por aí muitos que recebem em dinheiro vivo, e muitos mais através de contas em off-shores...
e o que tem sido feito no exército, e não estou a falar só dos submarinos, mas de toda a parafernália de contratos com garantias excelentes para outros que não a nação portuguêsa? é que ao todo, segundo consta, já se enterraram em maus contratos de tanques, submarinos, helicopteros etc., os mesmos milhões de euros que serviram para salvar a Islandia... e muito mais haveria para acrescentar mas estou a abusar do seu espaço, pelo que peço, desde já desculpa... e de facto, o Animal tem razão, as putas merecem mais consideração... é que elas só fodem quem quer, com todo o respeito e consieração por elas.

Melancia disse...

onde é que eu assino?
ainda noutro dia, dizia isto mesmo e me olharam de lado, quando afirmei que esta meia dúzia de individuos, que por aqui andam a enterrar o pais à 30 anos, deveria ser julgada, porque os buracos que apareceram não vieram do nada! para o raio mais a imunidade que detêm! mas parece que a memória é curta, e que o pais está todo intoxicado com o discurso do muito que ganham os funcionários publicos, e nesta intoxicação os governantes tem sabido ser excelentes! os funcionários que conheço não são os que acomulam pensões e cargos, não são os que cirandam (porque dirigir, será um termo errado na maioria dos casos) por esses institutos, fundações e empresas publicas.
gostei particularmente do que foi ventilado na comunicação social, à cerca de 4 anos atrás: não se sabe quantos funcionários publicos existem... como é que não se sabe?! sendo nós obrigados a cumprir escrupulsamente com os nossos impostos? então não sabem quem e quanto cada um desconta para a CGA? ou para a ADSE? seríamos 700 mil nessa altura, entretanto, sabe-se o que tem acontecido, e ainda ontém o mesmo numero se mantinha na comunicação social?
então e taxar off-shores? nada? é que parece, segundo o professor silva lopes, que há por aí muitos que recebem em dinheiro vivo, e muitos mais através de contas em off-shores...
e o que tem sido feito no exército, e não estou a falar só dos submarinos, mas de toda a parafernália de contratos com garantias excelentes para outros que não a nação portuguêsa? é que ao todo, segundo consta, já se enterraram em maus contratos de tanques, submarinos, helicopteros etc., os mesmos milhões de euros que serviram para salvar a Islandia... e muito mais haveria para acrescentar mas estou a abusar do seu espaço, pelo que peço, desde já desculpa... e de facto, o Animal tem razão, as putas merecem mais consideração... é que elas só fodem quem quer, com todo o respeito e consieração por elas.