12 agosto 2010

ora então....está na hora de pôr a esteira no chão e observar o céu.



Esta é a madrugada das Perseidas, entre a meia-noite e o amanhecer de sexta-feira a Terra vai estar no centro da passagem das Perseidas, pequenos meteoros que ao atravessar a atmosfera dão origem a estrelas cadentes.
Das chuvas de meteoros (as chuvas de meteoros são popularmente conhecidas por chuvas de estrelas), talvez a mais conhecida entre todas seja a das Perseidas, certamente por ocorrer numa época do ano em que a sua observação é fácil.
Este ano parece ser (mais uma vez), segundo várias estimativas um dos melhores anos para a chuva das Perseidas, e a Lua este ano não estará presente para atrapalhar porque põe-se logo a seguir ao Por do Sol. E que pôr do Sol teremos nesse dia! A seguir a nossa estrela temos Mercúrio, a Lua, Saturno Vénus e Marte, um belíssimo conjunto para um belo fim de tarde. O ponto máximo, ou o pico máximo desta chuva este ano irá ocorrer na noite de 12 para 13 logo que o radiante comece a subir no horizonte.
Os especialistas asseguram que se poderão ver cerca de 100 meteoros por hora, principalmente em regiões mais escuras.
Não precisa de nenhum equipamento especial para observar as chuvas de estrelas. Apenas é necessário que as condições climatológicas permitam ver o espectáculo.

Sem comentários: