29 julho 2010

Xian, o peso da história.

Xian: a visita começa com um almoço num hotel inserido num condomínio que rodeia um lago povoado de lindos peixes coloridos e nenúfares em flor. Xian a cidade mais tradicional da visita, tem só....3100 anos de história, e relembra os tempos áureos de quando ocupava o extremo oriental da rota da seda, o que a converteu numa metrópole muito atractiva para mercadores Cristãos, muçulmanos, budistas, nestorianos, etc..

Ainda hoje tem um mercado nocturno alucinante, o maior e mais animado que encontrei, a que chamam bairro muçulmano. É possível comprar, e comer, de tudo. Gostei especialmente das espetadas de ovo de codorniz, mas, o produto mais insólito foi, sem dúvida, a "olhadela no telescópio". Explico: um indivíduo com um telescópio monstruoso e artilhado com 2 focos laser, atado a uma bicicleta e deslocado não sei bem como, vendia por 10 yuan uma "olhadela" à lua :)
Negócio próspero, devo dizer.
.
O bairro encontra-se dentro da muralha da cidade. Esta muralha, a única que continua intacta desde que foi construída no Sec XIV, forma um rectângulo de 14 Km à volta do centro. Como materiais, usou-se "terra prensada, cal e arroz glutinoso", imagine-se..., e percorre-la faz-nos sentir de imediato todo o charme da sua milenar história.
Nas imediações, encontram-se a torre do tambor, e a torre do sino. Encontram frente a frente, na praça no centro da cidade, há mais de 600 anos. A cidade amanhecia ao som dos sinos e anoitecia ao som dos tambores.
Continuando...É em Xian que repousa o magnífico acervo arqueológico do Exército dos Guerreiros de Terracota destinado a guardar o túmulo do Imperador Qin Shi Huang, fundador da primeira dinastia chinesa, a Dinastia Qin, que viveu há mais de 2000 anos!, e que é descrito como um tirano obcecado pela morte e pelo legado que deixaria, não tendo olhado a meios para preservar a sua memória. Para o efeito, recrutou 700 000 operários durante 36 anos. Fez justiça à obsessão.
O impacto é impressionante, esmagador.
.
No Slide show, encontram-se ainda algumas fotos de uma visita a uma oficina de trabalhos de jade e ao Grande Pagode do Ganso construído no Séc VII. Os jardins circundantes são maravilhosos.
Ahhhh....em Xien fiz a massagem de pés mais fantástica de sempre sob os métodos da reflexologia. Uma hora inteirinha...:))


.

4 comentários:

dalloway disse...

Isto é fotojornalismos de primeira.

Essa de massajar os pés durante uma hora inteirinha....pffff...que inveja!

Álex disse...

deve ser terrível querer fotografar tanta coisa diferente e linda mas tb. andar de nariz no ar a viver tudo... imagino que eu viria tb. com carradas de fotos!
ah e tb tenho mta inveja dessa massagem, se tenho!

Animal disse...

tava a pensar oferecer-me uma maçage dessas como prenda de anos... é preçiso ir lá ó japom ou há gajada por cá a fazer diço?

Francis disse...

ahahahahahahahahahahahah