09 julho 2010









..Se bem se lembram, já aqui tinha falado, há tempos, do sucesso terapêutico destes "comedores de pele humana" na Psoriase, doença que se caracteriza pela acumulação de excesso de pele desvitalizada em determinadas zonas do corpo. Trata-se de uma clínica na Turquia, que usa piscinas cheias de pequenos peixinhos que, justamente, se deliciam com esses excessos deixando a pele limpa e fina.
Os peixes Garra Rufa, originários da Turquia, não possuem dentes e retiram a pele morta por sucção, deixando a pele saudável, por baixo, intocada. Esse tipo de peixe é utilizado há muito tempo no oriente para tratar a pele.
.
Bom...até à aplicação estética vai sempre um pulinho. Agora, surge a noticia da abertura de um Spa, em Londres, usando o mesmo principio para a limpeza de cutículas, calosidades, enfim, a esfoliação que corresponde a uma pedicure normal.
O spa, chamado Aqua Sheko, é um empreendimento fundado por To Chan, de 25 anos, natural de Hong Kong, na China. Segundo o que o empresário disse ao jornal Daily Mail, a saliva do peixe contém uma enzima chamada diathanol, que melhora o processo regenerativo da pele.

Nos Estados Unidos, onde a experiência já foi tentada, contudo, a novidade tem sido criticada como anti-higiénica, e a terapia foi banida em 14 dos estados norte-americanos. Defensores dos spas, argumentam no entanto que os empresários tomam precauções para tornar o processo limpo. A Aqua Sheko, por exemplo, possui um sistema de esterilização que troca e purifica a água dos tanques a cada hora de tratamento.

14 Holland Street, Kensington, London.
Sessions cost £45 for 30 minutes in the tank followed by a 15-minute foot massage or £30 for 25 minutes in the tank.
reservations@aquasheko.co.uk

Fácil.

1 comentário:

Animal disse...

não funciona com robalos e chernes? esses peixinhos também estão muito ligados a fenómenos de sucção e extracção...