29 junho 2010

empate, já não dá.


Agora que muito se fala da selecção, vale a pena referir que foi precisamente um Portugal-Espanha o nosso primeiro jogo como “equipa de todos nós”, nome que lhe deu o jornalista Ricardo Ornelas.
A 18 de Dezembro de 1921, em Madrid, Portugal, sob a direcção de Augusto Szabbo e Salazar Correia disputou o seu primeiro jogo enquanto selecção,perdendo por 3-1, num pelado sem relva e onde não houve lugar a treino de adaptação.
Em 1922 realizou-se o segundo encontro, em Lisboa,no Estádio do Lumiar, com a assistência de 16.000 espectadores e a presença do presidente António José de Almeida, tendo perdido por 2-1.
A nossa pior exibição face a Espanha ,foi na fase de apuramento para o Mundial de 1934, quando perdemos por 9-0, o que originou uma canção de Beatriz Costa,”Se Portugal trabalha, como eu quero, agora é que não falha, nove a zero”.
Em 1947, finalmente a primeira vitória. A 26 de Janeiro, no Estádio Nacional,com o seleccionador Tavares da Silva e numa equipa onde pontificavam nomes como Jesus Correia,Peyroteo,Travassos e Francisco Ferreira, vencemos por 4-1(2 golos de Travassos e 2 de Araújo).Estava quebrado o enguiço
. (fonte Alagamares-Cultura em Sintra)
.
E hoje?......A Espanha é um velho freguês que já por algumas vezes saiu escaldado do negócio. Mas cada dia é um dia. Se a inspiração e os deuses estiverem com o elenco, talvez possamos cantar de galo. Se não......voltamos com a jabulani entre as pernas e o mais, é vida que segue.

2 comentários:

dalloway disse...

Vamos lá cambada
Todos à molhada
Que isto é futebol do tal
Força nas canetas...

* o resto não sei mas fico a torcer por Portugal. Vou fazer figas até com os dedos dos pé :)

Francis disse...

hoje é bola prá frente e fé em deus, pá...