11 junho 2010

contra capa serviço público em tempo de mundial

Porque o verdadeiro adepto não vai ter tempo nem para fazer um cafezinho, aqui está uma grande solução:
"colheres" que já "trazem o café"
Coloque uma chavena com água 30 segundos no microondas, escolha o sabor, mexa, e sente-se no sofá para o próximo jogo.

7 comentários:

Brancaleone, brasileiro que não gosta de futebol... disse...

Sai fora!!!
Eu deixar de fazer um bom café à moda clássica com coador de pano só para assistir futebol??!! Nunca.
Aqui em casa café instatâneo é heresia e nem filtro de papel se usa.
Não gosto de futebol nem de carnaval e no caso do 'panem et circus' fico só com o pão e acompanhado de bom café.
Esta novidade do café encolherado pra mim é tão inútil quanto o anjo da guarda dos Kenedys...

Cristina disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Cristina disse...

Brancaleone

como posso levar a sério um brasileiro que não gosta de futebol?? eu ein?....

pois eu gosto de um bom expresso, ou melhor, espresso, de "espremido".

é muito sul americana mesmo essa coisa do café de saco como lhe chamamos, bebido em cavena pequena, ou seja, o café muito mais diluido para beber em pequena quantidade. nós por aqui, tal como os italianos e mais ninguem o mundo, em pequena dose gostamos do café forte e bem concentrado.


aqui, o café mais fraco, ou o tradicional café caseiro, ou "de borras" feito em cafeteira grande, ou "da avó" como agora se lhe chama, é usado para beber em grandes canecas ao pequeno almoço, ou ao serão. :)) também é delicioso, claro.

Brancaleone que não gosta meeeeesmo de futebol!!! disse...

Cristina
Tambem faço meu expresso e tambem meu próprio Capuccino mas em ocasiões mais especiais.
O café de saco é sim para o pequeno almoço.
Por aqui a regra é - Para o café do pequeno almoço uma colher de pó. Para o café da tarde, duas colheres de pó!!
E realmente não gosto de futebol, nem de carnaval e pior, sou ateu!!!

dalloway disse...

Tch...

Animal disse...

e o açúcar, vem incluído na colher? essas coisas ninguém pensa pá...

Anrafel disse...

Eu sou brasileiro (e baiano), não gosto de café, viajo no Carnaval, mas futebol é comigo mesmo. Espero encontrá-lo nessa Copa do Mundo a partir de domingo, já que Argentina e Inglaterra, agora jogando, foram sovinas demais na oferta.