29 junho 2010

começou a festa. à grande e à francesa.


à pergunta «como se explica aos portugueses esta derrota [com a Espanha]», o capitão da Selecção Nacional respondeu «explicações? fale com o Carlos Queiroz».
.
Muito bem. Os próximos dias vão ser muito esclarecedores, acho. Só é pena não termos apanhado mais declarações a quente......sempre gostei muito delas porque, é nessa altura, naquela fracção de segundos não editados, que atiramos cá pra fora o que v.e.r.d.a.d.e.i.r.a.m.e.n.t.e nos vai na alma. E que mostramos de que somos feitos.
.
A imagem pertence a outro momento muito pouco digno de Cristiano, logo após a eliminação.
Primeira conclusão: Tira essa braçadeira. Já não te pertence.

10 comentários:

Miguel disse...

Talvez ele tenha tido a noção que eu tive e que acho que milhares de outras pessoas tiveram... perdemos o jogo naquele minuto em que foram feitas as primeiras substituições para cada lado.
Uma mudou a equipa para melhor; a outra destruiu a equipa portuguesa...

Eu também fiquei fodido com aquela idiotice mas não sou capitão...

Só não percebo esse odiozinho que existe ao Cristiano, tal como existe ao Mourinho, em certas pessoas...

Enfim, opiniões...

Piotr Kropotkine disse...

não se trata de odiozinho .... trataçe de dar agora a braçadeira de capitão ao Eduardo ou ao Coentrão que andarem lá sem ser de helicóptriu e tem na selecção a agenda da selecção e não dos contratos de publicidade (que com toda a legitimidade podem e devem ter ... mas não quando representam o País....é que é surpreendente mas quando vestem aquela camisola representam-nos a nós e não ao BES...)

Piotr Kropotkine disse...

e o Queir´s já regreçou ao Mnachester? ou a Fornezelos de Algôderes?

Fado Alexandrino disse...

Houve outro momento muito desagradável, foi o único que não tentou ao menos murmurar o Hino.
E aí ainda não tinhamos perdido.

Cristina disse...

Obrigada Piotr. é isso mesmo.

Fado

também.

Miguel

alguem odeia o Cristiano? ou Mourinho? eu não vejo nada disso, muito pelo contrario..

também acho que ele nunca devia ter sido o capitão. O que sentirá um Ricardo Carvalho, por exemplo? Um tipo que é um Senhor e está lá há muito mais tempo? Esse sim, tem muito bom feitio. ou mesmo o Simão?

Eric Blair disse...

e a maddie que não há meio de aparecer ...

dalloway disse...

Vou mas é beber uma mine.

Miguel disse...

Eu concordo que o capitão não devia ser o Cristiano e sim, como foi durante muito tempo, o jogador mais internacional.
E arrumava-se assim a questão das escolhas sempre dificeis entrea A e B...
Qualquer jogador que vai à selecção 60 vezes é capaz de ser capitão...

Não percebo por que raio havia o Eduardo de ser capitão! Porque defende bem? Por isso está na baliza, certo?

Não é odio, mas odiozinho... aquela coisa de gostar de dizer mal, de apontar o dedo...
O Ronaldo é um gajo que veio dum meio super limitado e hoje é uma das pessoas mais conhecidas no mundo.
Chamem-lhe bronco, chamem-lhe o que quiserem mas é uma pessoa com um percurso como pessoa bastante interessante e é um gajo com atitude, que se esforça, que dá tudo, que joga para ganhar nem que o premio seja uma sandes de panado!

Quantos jogadores tens assim na selecção? Tens os do Porto, porque crescem com essa mentalidade de antes quebrar que torcer e tens agora o Coentrão que não foi sempre assim, ou já esqueceram? É agora porque finalmente alguém lhe fez ver alguma coisa da vida...

Essa de apontarem o facto de não cantar o hino em voz alta... Epá, falemos de coisas sérias... Vão dizer que o Pepe sente mais o hino que o Cristiano?

O Sócrates é que ainda não se lembrou de cobrar taxa pelos disparates que se dizem, porque era uma maneira rapida de acabar com o defice...

;)

Cristina disse...

Miguel

não sei há quanto tempo les este blog, mas faltou-te um post importante escrito em Abril de 2007: este
http://riquita1303.blogspot.com/2007/04/so-special.html

Miguel disse...

LOL!!!!!!

A vida tem coisas muito engraçadas, Cristina... Muito mesmo!

Pois eu leio-te há muito tempo.
Não te sei dizer desde quando... Antes ainda de ter entrado neste mundo de fazer blogues...

Quando comecei a ler esse post que indicas, lembrei-me logo dele. Já o tinha lido pelo que não me faltou...

Depois, e aí é que está a graça, o primeiro comentário é meu!

Como vês, e apesar da azedarmos aqui e ali, mantenho-me fiel a visitar-te e o facto de termos opiniões diferentes em diversas matérias (por exemplo, o meu gosto é muito melhor que o teu, mesmo tendo em consideração que gostos não se discutem, pois de outro modo serias do Sporting e não desse clubezinho que é igual ao FCP mas têm a mania que é diferente) não me impede de apreciar muito mais coisas que escreves do que aquelas do que discordo...

Posto isto, e para rematar, não me referia a ti em particular sobre o odiozinho contra o Cristiano ou o Mourinho... Era uma generalidade que me parece evidente...

O Mourinho é grande e o Cristiano é grande. Têm falhas e cometem erros como eu, tu e todos os outros. Não deixam de ser grandes por causa disso pois o seu normal - e isso é que conta - é serem muito bons no que fazem, sem precisarem de pisar ninguém...