03 maio 2010

coisas verdadeiramente importantes

A qualquer momento o libanês ‘Ali Hussain Sibat, de 46 anos e pai de cinco filhos, pode ser executado na Arábia Saudita, acusado de “feitiçaria”. É urgente uma acção maciça... Conheça o seu caso e participe até terça-feira, dia 4 Maio!
‘Ali Hussain Sibat era apresentador de televisão a trabalhar para uma estação via satélite libanesa e no seu programa dava alguns conselhos aos telespectadores e fazia previsões sobre o futuro.


Imaginem que era a Maya... e sigam a vossa consciência. Nem precisam de levantar o rabo da cadeira: basta seguir o link.

4 comentários:

Brancaleone disse...

Deixa de besteira!!! Se querem matar o cara por feitiçaria que matem. Isso não faz parte da 'cultura' deles? É a mesma cultura que obriga a usar véus e burkas, que oprime a mulher, que apedreja adúlteros?
A coisa anda dum jeito que não dá para criticar nada que outras culturas façam por mais estúpida e criminosa que seja a atitude de ninguem.
Uma pena que as sábias palavras do Alcorão sejam deturpadas por um bando de aproveitadores para o azar de muita gente.

Pêndulo disse...

Se dizes "Imaginem que era a Maya" obviamente ninguém clica, até se aplaude.

Animal disse...

limitei-me a escrever "sigam a vossa consciência".

Pêndulo disse...

A minha consciência levou-me a clicar e assinar.