04 abril 2010

Portugal e a placa de Petri


Pois é, ó Anarca. Quando te leio, vá-se lá saber porquê, começo a imaginar Portugal como uma imensa placa de Petri onde não há micróbio, por mais peçonhento ou exigente que seja, que não cresça forte e robusto. Ele é Bactérias, virus, fungos, e mesmo bicharada que foje a qualquer esforço taxonómico..
Ninguém me tira da cabeça que aquela cor avermelhada do Agar português, são pedaços paio alentejano com pezinhos de coentrada. Já para não falar do Agar de peixe....

2 comentários:

Animal disse...

aqui o Animal é que não prospera porra nenhuma... só coisas que mapoquentam.

dalloway disse...

As coisas que eu aprendo neste blogue!