12 março 2010

Londres 5: Londres de Tower Bridge a Westminster Bridge. Queen's Walk



Passeio iniciado na Torre de Londres.
Atravessando a Tower Bridge, já na outra margem, uma visita ao London Dungeon, uma viagem de 90 min ao mundo do horror tendo como cenário acontecimentos marcantes da história do país.
•A partir daqui é seguir junto ao rio. Ao longo do percurso encontram-se por ordem, o navio de guerra HMS Belfast, a Hay’s Galleria (uma zona comercial construída numas antigas docas), a Catedral gótica de Southwark, o Shakespeare’s Globe (teatro em memória do dramaturgo), a galeria de arte moderna Tate Modern, Gabriel’s Wharf (agradável zona com esplanadas), o Southbank Central (centro de artes da margem sul do rio Tamisa), os Jubilee Gardens, o London Eye, o aquário e, finalmente, a ponte Westminster que dá acesso ao Parlamento do Reino Unido.

Aproveitando o fim do dia e a visibilidade excelente, facto raro em Londres, decidimos entrar no London Eye. O resultado, é o que se vê.

5 comentários:

António P. disse...

Frabcamente , Cristina...se houvesse avião ( e dinheiro ) directo aqui do Alentejo para Londres ia já amanhã.
As fotos "aéreas" estão fantásticas.
E o HMS Belfast ainda lá está...não sei do "recuerd" que comprei em 1972, quando fui a Londres pela 1ª vez.
Mais uma razão para voltar.
Bom fim de semana e thanks pelas reportagens fotográficas.

pézinhos n' ... areia disse...

ó Cristina .... eu ainda nao tive tempo para ler com calma e ver tudo o que tem reportado sobre a sua viagem a Londres, mas este fim de semana vou ver tudo.

Sabe !? a minha filha partiu o mês passado para Bratislava (Eslováquia), em ERASMUS.

Tem sido uma experiência fantástica para a filhota.

A BEA que não deixe de viver esta experiência do ERASMUS, qd chegar o momento de poder fazê-lo.

No fim de semana passado, a filha foi ao Sul da Polónia, a Cracóvia e a Auschwitz, visitar o Memorial do Holocausto.

E agora já tem viagem para Londres e para a Praga.

É engraçado que eles vão de Erasmus para depois andarem a viajar de uns países para os outros.

Esta sua reportagem é muito útil para dar umas dicas à filha.

Embora as viagens aos 21 anos de idade tenham outros pontos de interesse como por exemplo... copos, gajos giros, trapos e bugigangas, música e cinema....LOL !


Bem ... o quê que me falta dizer ?



ah !!! já sei !!!!!....:-))))


P A R A B É N S ........


beijo !

Cristina disse...

Antonio

vá, não pense muito. Londres pode ser caro mas também pode ser muito barato. um amigo meu marcou agora viagem de ida e volta por 120 euros. há alojamentos baratos e a comida , há-a para tooodos os preço. mais: o que há para ver, a maioria é de graça. há blogs sobre isso: o que fazer em londres...gratis.

é pensar nisso amigo!

Cristina disse...

Pezinhos


queridissima amiga

como de costume, desde há anos, sempre presente! muito muito obrigada pelo seu carinho e atenção. um grande beijo e um abraço enorme.

a sua moça tá cheia de vida e de curiosidade por tudo :))) é assim mesmo que elas se irão fazer gente. gente que vale a pena, tenho a certeza!

beijos para ela tambem, e que aproveite muito.

fico contente por estas dicas lhe servirem, deixei-as aqui também por isso. para quem for pela primeira vez, fica com uma ideia razoável do que há pra ver. aliás, este percurso que fiz, tirei-o de um blog :)) claro que há muuuuitoo mais, mas isso tambem eu vou aprendendo.

dalloway disse...

Essa visibilidade que a Cristina fala só foi possivel porque eu meti uma cunha porque era a sua primeira vez. Só faço isto uma vez em cada decada.

By the way...quando estou em Londres e preparadissima para a minha caminhada diária uso uma protecção para os ouvidos igual ao da Beatriz. Os sobrinhos não acham piadinha nenhuma e mandam-me bocas e no fundo no fundo só os uso para ouvi-los. É um fartote! (e não, não são pequeninos os sobrinhos :)

Ganda Beatriz!