07 outubro 2009

e lá para o oriente, tortuosos são os caminhos de Allah




Um documento dos serviços anti-terrorismo da França, obtido pelo jornal Le Figaro, revela que a rede Al-Qaeda estaria a utilizar explosivos introduzidos no interior do corpo para cometer atentados suicidas, imagine-se, como supositórios. A organização já teria cometido um atentado desse tipo na Arábia Saudita em Agosto passado. Por meio de um telemóvel, Abul Khair, activista islâmico detido pelas autoridades sauditas, detonou uma explosão diante do príncipe Mohammed bin Nayef.

"Os explosivos são introduzidos como um supositório. Ou seja, são indetectáveis". “As nossas plataformas aéreas estão equipadas com detectores de metais. Mas, no caso, somente um exame de raio X permitiria detectar o explosivo”, diz a nota oficial francesa enviada ao ministro do Interior, Brice Hortefeux, e revelada pelo jornal Le Figaro.
Especialistas da polícia colocam a possibilidade de controlar a situação detectando o sinal enviado, ou seja, o telemóvel que envia o sinal da explosão por frequência de rádio.
.
que fase ein? o ser humano nunca falha em imaginação e engenhosidade maléfica . Já agora.....quem é que colocará o supositório? O próprio “mártir”, ou.... tem ajuda de algum companheiro revolucionário? e será que vibra antes de rebentar? ao menos isso.

Sem comentários: