12 agosto 2009

Pinã Colada acompanhando o Verão.



Conta uma das histórias mais fiáveis sobre a origem da Piña Colada que, o seu inventor foi Ramón Marrero, barman do Hotel Caribe Hilton de Porto Rico, em 1954.
No meio dos combinados tropicais tipo Mai Tai, os barmans do caribe começaram a inovar e a fazer misturas que mudaram a história dos cocktails. A Piña Colada, marca um ponto de viragem já que foi a primeira mistura famosa a ser efectuada com um novo utensílio: a batedora eléctrica.
Esta nova ferramenta, permite combinar diferentes licores e sumos, ao mesmo tempo que cria uma bebida com uma fina capa espumosa que realça a estética do cocktail.
Além disso, o fácil uso da batedora permite misturas de gelo com liquidos dando origem a bebidas muito mais refrescantes.
Hoje, a Piña Colada é um dos cocktails mais famosos e populares das tardes e noites de Verão.
Fácil. Na batedora:
2 medidas de rum
5 medidas de sumo de ananás
3 medidas de leite de coco
1 medida leite condensado.
Bater 15 segundos.

2 comentários:

dalloway disse...

Eu gosto dos posts da Cristina sobre cocktails e por uma razão muito simples: despertam conversas que nunca estão relacionadas directamente com a bebida.

Nos últimos posts sobre bebida falou-se de Hemingway, David Linch, Roy Orbinson e Zappa....isto pra já não falar da magnanime capacidade associativa do Fado.

Vamos lá ver o que Agosto nos reserva...

Melancia disse...

bom, com o calorzinho que está, se não fossem 10 da matina e ainda considerava a hipotese...
fica para mais tarde. ;)