30 agosto 2009

era outra raça, pá.


...foi precisamente neste ano, em que se festejam os novecentos anos do primeiro rei de Portugal, que se implementou no nosso país a educação sexual obrigatória. Uma tão feliz coincidência não pode ser mero acaso, pelo que parece ser pertinente questionar a relação entre aquela efeméride e esta nova vertente da educação em Portugal.
É certo e sabido que D. Afonso Henriques não teve qualquer tipo de educação sexual, muito embora uma tal carência não tenha significado para o nosso primeiro monarca nenhuma especial inaptidão, pois não só foi pai da nação como, também, de onze filhos! Mais ainda: todos os seus contemporâneos que geraram descendentes, fossem eles nobres, burgueses ou filhos do povo, todos, sem excepção, fizeram-no sem que lhes tivesse sido dada nenhuma educação sexual. É incrível, mas é verdade.
continua Gonçalo Portocarrero de Allmada no Público

8 comentários:

Desinformador disse...

Iberia já!!!

A Península Ibérica deve ser um só país... até ajudava a calar os terroristas bascos, e os independentistas catalães!

Pêndulo disse...

Olha que não. Passávamos a ter os terroristas lusos.

Fado Alexandrino disse...

Iberia já!!!

Há séculos que defendo essa ideia, bem podia começar pelo futebol em campeonato de que já expliquei os moldes.

Quando à educação sexual é bom lembrar que naquele tempo não havia médicas sempre a medir o colesterol e comiam-se carnes, muitas carnes, altamente temperadas com belíssimas goladas de vinho que não era feito a martelo.

Os resultados viram-se.

dalloway disse...

Achei o texto pertinente.

anamoris disse...

Assim é! Há muitos secúlos.

Cristina disse...

Desi

francamente!!!

andou ali D Afonso Henriques a conquistar terras e a fazer filhos aos montes pra formar um país, pra depois dizeres isso??? francamente, há minimos!!

Cristina disse...

Dalloway

muito. estou com o Cristiano Ronaldo, mal comparado, se todos os reis tivessem feito o que ele fez, eramos o maior país do mundo!

Cristina disse...

Fado

grandes tempos, caneco!! os gajos morriam cedo, mas enquanto viviam andavam com uns fatos fixes a brincar às guerras e a fazer filhos....