16 julho 2009

voltar ao paraiso geresiano


Dia calmo, gozando a esmagadora paisagem da serra. As fotos seguirão logo que possível.

Deixo-vos um excelente site não oficial sobre o Gerês, nomeadamente um resumo da flora. Tudo o que lá está se encontra é bem evidente em qualquer passeio pelos múltiplos caminhos pedestres.

A gastronomia geresiana, típica mistura minhota e transmontana é, como saberão, farta e pesada. Deliciosa para quem gosta de "comer bem". Rojões, cabrito, Papas de Sarrabulho, múltiplos pratos de bacalhau -bacalhau com broa...huump..-, belos e grandes nacos de bife, veado e javali . De morrer....
Quanto às bebidas, vinho verde para quem for de vinho, chás da serra pra quem for de chá :)
Ahh, a água. Já não me lembrava de como a água da torneira é deliciosamente doce. E das maravilhas que faz ao cabelo.

1 comentário:

dalloway disse...

Conversa entre mim e a minha sobrinha.

-.....oh tia mas tu não vais de férias? estás com um ar tão cansado (nada como uma sobrinha para massajar o ego!)

- Mas estou de férias, vê lá tu que ainda ontem estive nas Termas de Monfortinho, hoje estou no Gerês. Vi animais e fiz um passeio a cavalo pela serra e acabei com um banho e massagem, como se impõe na termas. Até cocó com cornos tive direito a ver.

(a conversa é real)

A sobrinha aproximou-se do pc e eu abri o blogue da Cristina....

- Já não tens cura....