15 julho 2009

a segunda zona termal, Vila do Gerês



(referente ao post anterior: imagens de Monfortinho)
antes de mais, Dalloway, o post anterior parece um pouco triste e se calhar é, mas passado o impacto inicial, digo-lhe que Monfortinho não deixa de ter o seu quê de romântico. Muito mesmo. Afinal, "tudo meticulosamente preparado para ninguém", não. Para nós. :)
Prosseguindo
Hoje, e por dois dias, Gerês. Aqui sim, movimento, gente nova pelas ruas. Longe, no entanto, de estar cheio. Sem qualquer problema de disponibilidade em todos os hotéis para onde liguei antes de chegar e é óbvio pela quantidade de oferta (porta sim porta sim), que deve estar aí por menos de metade. O restaurante, por exemplo, tinha duas mesas ocupadas. Mas tem vida, tem gente de todas as idades, bem ao contrário de Monfortinho.
A serra continua linda, ouve-se barulho de água a correr por todo o lado. A oferta de actividades é substancialmente superior, o que provavelmente terá o seu peso.
Amanhã, marcados estão um passeio a cavalo pela serra, banho e massagem, como se impõe numas termas. :)

2 comentários:

dalloway disse...

Depois das sua palavras acerca de Monfortinho, quer nas suas respostas aos comentários quer no inicio deste post...sou levada a dizer-lhe que fiquei curiosa e com vontade de ir e sei que irei. Obrigada por isso mesmo.

Ao ver as imagens deste post - as menos exuberantes - lembrei-me de uma música que serviria como banda sonora de um passeio com uma cadência muito particular, onde podemos encontrar a viola portuguesa e um cheirinho de Pixinguinha e o resto é o resto (os entendidos nestas coisas da música ainda me internam).

O melhor mesmo é não tentar perceber a razão porque pensei automaticamente nesta música e respectivas associações mas vou deixar-lhe o link de acesso (continuo patareca nestas coisas por isso desculpe-me mas só sei fazer assim). É uma forma de agradecer as suas descrições que chegam a ser poeticas

http://www.youtube.com/watch?v=b7huuRDyeQw

O Gerês eu conheço mas não acho nada poetico vir para aqui dizer que amanhã "estão marcados um passeio a cavalo pela serra, banho e massagem, como se impõe numas termas.". E ainda por cima tem o desplante de sorrir. Tá mal!

Pêndulo disse...

Vê se vais à Pedra Bela que a vista é de arrasar. Tira fotos.
Se fores mesmo arrojada vai às Minas dos Carris que é sítio onde nunca fui mas cujo início de caminho é bonito.