14 julho 2009

nem me perguntem como


mas de repente, encontro-me em Monfortinho, Termas de Monfortinho. É assim que costuma ser, sai-se de casa sem rumo certo e depois é por onde a estrada nos levar. Há muitos anos que cá não vinha, na verdade, há mais ou menos 18 anos. Foi por altura do Outono, para o casamento de um familiar cuja noiva era da zona. Lembro-me de ter adorado o sítio, da serenidade e beleza da paisagem e de, apesar do isolamento, ter um ambiente vivo e estimulante. Agora não. Fiquei algo incomodada, logo à entrada, com as ruas. Desertas. Um ou dois casais de idosos na avenida principal e nada mais. A meio de Julho, é espantoso. Cheguei ao Astória e ninguém além da recepcionista. Disse-lhe isto mesmo, que estava espantada, que parecia uma vila deserta. Respondeu que sim, que havia muito pouca gente este ano. Parece tudo impecavelmente preparado.....pra ninguém, apesar de continuar lindo, acolhedor e ultra bem cuidado, da recepção aos jardins.
Decidimos ir jantar aceitando as referências da moça, a um restaurante perto. Parei o carro, mas achei que provavelmente se teria enganado porque estava tudo às escuras. Mas não....estamos abertos sim, façam favor de entrar que já vou acender as luzes, disse um homem de cabelos brancos sentado à entrada, levantando-se apressadamente. Entrámos, o restaurante era enorme -sinais de outros tempos-; o senhor, a que se juntaram duas mulheres, desfazendo-se em amabilidade recomendou-nos um cantinho acolhedor depois de acender a luz, só a suficiente para aquele espaço. Inesperadamente, fizeram-nos um jantar delicioso e recomendaram-nos que voltássemos no dia seguinte para provar o "bacalhau *a casa". Não voltaremos, mas isso não lhe dissemos.
É desolador e espantoso como apesar da espantosa oferta de serviços e da maior facilidade de deslocação em relação a outros tempos, Monfortinho parece uma cidade fantasma. E é uma pena. E um desperdício.
Uma das maravilhas da zona:

11 comentários:

dalloway disse...

Não conheço as Termas de Monfortinho mas gostei do que vi. É apelativo e por isso mesmo dificil de compreender que seja uma cidade fantasma.

Uma das maravilhas da zona como diz a Cristina é a Herdade de Vale Feitoso mas com uma narração e voz daquelas dá para perceber porque é que o homem de cabelos brancos acendeu a luz, "só a suficiente para aquele espaço."

CPrice (once) disse...

Vale Feitoso que pertenceu a primos meus :) Termas de Monfortinho, Penhagarcia (um restaurante óptimo chamado O Javali), Monsanto (aldeia de Meu Pai) e toda uma zona que me é muito querida .. :))
Obrigada por este Cristina, parece direitinho para mim hoje *

francis disse...

a ultima vez que fui a monfortinho também foi a um casamento :) mas foi à menos tempo.
é bem bonito.

Fado Alexandrino disse...

Ia comentar, mas fiquei tão triste com este post tão sentido que desisti.
Pode ser que melhores tempos venham.

Sara L. Miranda disse...

É bonito. bj

Diogo disse...

A culpa é dos banqueiros que não disponibilizam o dinheiro suficiente para a economia girar.

Por outro lado:

No Daily Show - A nossa única hipótese como país é o Osama bin Laden colocar e detonar uma grande bomba nos Estados Unidos

Jon Stewart: Ontem à noite estava a ver o programa do Glenn Beck na Fox News. Ele estava a falar com um ex-analista da CIA, Michael Scheuer, sobre como esta Administração não nos está a proteger dos terroristas… E depois ouvi uma coisa tão demente que ia caindo…

Michael Scheuer: A nossa única hipótese como país é o Osama bin Laden colocar e detonar uma grande bomba nos Estados Unidos. Só o Osama é capaz de executar um ataque que obrigue os americanos a exigir que o Governo os proteja.

Jon Stewart: Mas que m… foi aquela? E, já agora, sabem o que é fascinante na nossa cultura? Aposto que censuraram quando eu disse merda. Porque o Governo Federal decidiu proteger-vos e aos ouvidos dos vossos filhos desse tipo de linguagem. Entretanto, o gémeo malvado do Pai Natal [Michael Scheuer]... está à vontade para propor um massacre de americanos, para conseguir apoios para o programa de segurança dele.

Jon Stewart: Pois, aquele bin Laden é um desmancha-prazeres! Quando não queremos que ele mate americanos, ele mata, e quando queremos, não mata. É um parvalhão! E quando ele detonar uma bomba na América, esperemos que não seja nas partes "boas e verdadeiras".

Vídeo

Cristina disse...

Dalloway

vale a pena ir, sério. Afinal, o isolamento e a ausencia de confusão também têm o seu encanto. O lugar é mágico.

Cristina disse...

Once

ainda bem que lhe trouxe boas recordações!!

a zona é linda, hoje estive em Monsanto. Também tenho uma grande amiga que é de lá :))

bj

Cristina disse...

francis


é sim. e o Astória tem aquele romantismo de quem já viveu grandes tempos. é impomente :))

Cristina disse...

Fado

claro que sim. mas é uma pena que num sitio tão lindo não haja mais gente a aproveitar e a contribuir para que as coisas não morram.

bj

Anónimo disse...

Bonita zona , mas muito despovoado.
Poderia ter ido ao geo-restaurante em Monsanto unico na Europa.
Quando for a B.Baixa fica o convite para usufruir do maior lago da Beira .
Maria