11 abril 2009

Morales quer incentivar a imigração de quadros superiores da Europa para a Bolivia.


Morales está bem e recomenda-se. Um pouco mais sorridente que o habitual, até -comentam fontes proximas. Segundo diz na Globo, mantém-se a trabalhar à base de mate de coca e água.
.
Ora aí está.....ninguém me convence que não passa tudo de uma manobra de marketing. Veja-se: Morales criou um Ministério da Coca no sentido de iniciar uma campanha internacional de descriminalização da folha de coca, já que na Bolívia existem 45.000 cocaleiros, incluindo apenas os filiados aos sindicatos de cultivadores da folha.
A criação de uma campanha para descriminalizar a coca deixa bem claro que o governo de Evo pretende separar as práticas de cultivo tradicional da folha de coca e o tráfico de cocaína.
"Causachún coca!!".
("Viva a coca" em quétchua)

1 comentário:

Larose disse...

cá por mim podiam ir para lá todinhos!