04 março 2009

Só o Eça vale os segundos perdidos diante de um hediondo exemplo do mais puro lixo.

O Tribunal Penal Internacional passou hoje um mandado de captura em nome do Presidente sudanês. Omar al-Bashir é acusado de crimes de guerra e crimes contra a humanidade e é o primeiro chefe de Estado em funções procurado pelo TPI.
A organização Médicos Sem Fronteiras confirmou que iria retirar os funcionários estrangeiros do Darfur depois de o Governo sudanês ter ordenado que partissem. A retaliação contra o mandado de detenção anunciado esta manhã contra o Presidente sudanês, por crimes de guerra e contra a humanidade, criará sérias dificuldades às organizações que pretendem prestar apoio aos cerca de 2,7 milhões de deslocados causados pelo conflito que se prolonga desde 2003 e já causou 300 mil mortes. Publico
Só podemos esperar que o castigo acompanhe a grandeza dos crimes. E relembrar Eça de Queirós.

O grande Dickens, diante dos Alpes ou dos palácios de Veneza, punha-se a pensar com saudades nas tristes ruas de Londres, num rumor de fim de dia, e no fundo prazer de surpreender as expressões de ansiedade, triunfo ou dor, nas faces dos que passam, alumiados pelo gás vivo das lojas. E que o melhor espectáculo para o homem-será sempre o próprio homem.
E. Q. [Cartas de Paris]

1 comentário:

Desinformador disse...

e para quando um mandado de captura em nome do George W. Bush Jr... e já agora o Sr...

Pague um, leve dois!