05 março 2009

a emancipação acaba no churrasco.


Não aproveitei os poucos dias de sol e agora já não dá- essa chuva fdp está a dar-me cabo da paciência. Quero ir lá para fora. Quero sol e calor. Quero gente. Tenho saudades de um bom churrasco. Sonho com o cheiro das bifanas, da entremeada, do entrecosto e do chouriço a estalarem na brasa, o cheiro dos temperos enrolados em fumo a espalhar-se pelo jardim num dia morno de primavera, as cervejas frescas...hummpf..é melhor parar que inda me cai a baba. Mas há uma imagem curiosa: é que quando nos lembramos de uma bela churrascada até conseguimos, acto continuo, ver a pessoa e as mãos de onde vão sair as iguarias, certo? E, inevitavelmente, é um homem. É ou não verdade? Eu já tentei imaginar uma amiga "rainha do churrasco" e não encontro. Não há, essa é que é a verdade. Elas conduzem carros de corrida, são bartenders, lutadoras de boxe, etcetal, são grandes cozinheiras, mas "churrasqueira de serviço" não há. E não estou a falar das que vão lá virar o bife de vez em quando. Estou a falar de escolher a carne, tratar da carne, temperar, meter a mão no saco cheio de carvão, espalhá-lo da forma mais conveniente, iniciar o ritual do acendimento, controlar a fumarada, e tudo o mais que o "churrasqueiro encartado" faz.
Se pensarmos um pouco, todo o grupo de amigos tem o artista que incorpora o seu papel de homem das cavernas e o respectivo ritual de assar a carne no fogo. Quase sempre o mesmo, e, homem. Parece machismo mas eu acho que não é, é a verdade. Alguém de vocês consegue em 3 segundos lembrar-se de uma "amiga churrasqueira"?? Pois é.
No meu caso, só me lembro do Miguel que em qualquer casa, em qualquer lugar e a qualquer hora, é o churrasqueiro de serviço. Para nosso alívio e consolo. Saudades dele, também.
E essa chuva estúpida..

8 comentários:

AC disse...

Pois temo que lhe va estragar a estatistica. Porque eu sou uma "churrasqueira de servico". E mainada!

francis disse...

O Miguel vale ouro.

Até fiquei a salivar com essa descrição.

Álex disse...

verdadinha, não conheço churrasqueira alguma! mas a verdade é que acho uma séca valente estar alí a ficar a cheirar a fumeiro e almoçar depois de todos (sim porque seja entrecosto ou sardinha: tem que se comer encuanto está quente, não esperem por mim, vão comendo...) ou então comem de pé, acompanhados por agum caridoso amigo que se aproxima para fazer companhia.
Por causa disso, gosto masi de todos à mesa com outro tipo de menú, mas o sol e o calor da primavera podiam chegar já hoje que não há pachorra para mais cinzento e chuva!!!

Cristina disse...

AC

loool, é a excepção, tá visto :)))

beijos

Cristina disse...

francis

podes crer. até a minha filha quando viu o churrasco da casa nova disse: já estou a ver o Miguel a grelhar uns bifes ali :))))

Cristina disse...

Alex

pois também é verdade que se calhar eles têm mais paciencia :)) e vão comendo, claro.

também ja não aguento este tempo...

MariaTuché disse...

Minha cara amiga Cristin,pois se não tinhas nenhuma amiga churrasqueira e nem conhecias, a partir deste segundo tens!!

EU, ME MY SELF & I :)

Eu escolho a carne, eu meto a mão na carne, no tempero e nas especiarias e digo-te que é mesmo com a mão, ainda no Domingo passado o meu jantar de aniversário foi um belo churrasco de Costeletões de Novilho no churrasco cá de casa que foi construido pelo meu querido Pai, e é protegido e da chuva.
Desde que ele partiu só eu comando a churrasqueira, até porque somos uma casa de mulheres :)

Quando quiseres é só marcar :)

Beijossssssss

Sifrónio disse...

Mas isso tem explicação. Um bom churrasqueiro tem sempre umas cervejolas ao pé ou então o garrafão do tinto, para dar mais "tempero".