15 fevereiro 2009

como prometido, está de volta.

"Você aprova a emenda dos artigos 160, 162, 174, 192 e 230 da Constituição da República, tramitada pela Assembleia Nacional, que amplia os direitos políticos do povo a fim de permitir que qualquer cidadão ou cidadã em exercício de um cargo de escolha popular possa ser sujeito de postulação como candidato ou candidata para o mesmo cargo, pelo tempo estabelecido constitucionalmente, dependendo sua possível eleição exclusivamente do voto popular?"

Chávez volta à carga na tentativa da reeleição definitiva. Com uma pergunta confusa, e palavrosa, como convém a um país de analfabetos, e um batalhão de 140 mil soldados do Exército nas ruas (do activo e reserva) , não vão alguns descrentes na revolução bolivariana lembrar-se de falar em democracia.....Aliás, Chávez ampliou em Dezembro a proposta que em princípio só afectava o cargo presidencial, para ganhar o favor de governadores e prefeitos que também poderão optar pela reeleição ilimitada.
Desde o último domingo que está proibida a publicação no país de pesquisas de opinião sobre as intenções de voto dos venezuelanos.
Está montado o cerco. Pior que isso, é que ou vai a bem ou a mal; disso tenho poucas dúvidas. Este ainda vai tentar bater o record do amigo e ídolo Castro...

3 comentários:

Anónimo disse...

Os cercos e os circos! E, não tenho qualquer dúvida, tem bons alunos por cá.
Pedro C.

Pêndulo disse...

Ora! Quem tem um João Jardim não pode atirar muitas pedras ao vizinho.
Talvez o nosso seja mais cómico .

Portaria ILEGAL disse...

Convido o autor deste blog assim como os seus leitores a verem o anúncio que coloquei no blog: http://portaria-59.blogspot.com/
que levanta sérias duvidas acerca do caso BPN.
Cumprimentos e obrigado