03 janeiro 2009

Dica comprem-antes-que-esgote


A música deve ser a voz de tudo aquilo que ali está silencioso, sem ter a faculdade de se exprimir, e nós termos a possibilidade de o compreender- a voz das estrelas, das pedras, das nuvens, das flores, de tudo o que, desde as ervas molhadas até às vias lácteas, fala muito indefinidamente e com vibrações muito sobrenaturais, para que o nosso êxtase as possa escutar.

Eça de Queirós
Prosas Bárbaras

12 comentários:

HRP SAD disse...

É preciso parar Israel
è preciso parar aquela mortandade sem fim!
É preciso barrar a gaungue Israelita que massacra e destói sem limites homens, jovens, velhos e crianças.....
AGORA ele estão invadindo com tanque e helicopteros a faixa de Gaza, atirando a torto e a direita....
O som satanico das "metralhadoras' segundo a CNN prenucia os mortos que serão contados!
ISRAEL PRECISA SER PARADO! Homens de BEM!
PAZ naterra aos homens de boa vontade.
E que Deus e Jesus nos iluminem em nossa sandice desgraçada!

dalloway disse...

Tenho este cd desde 2007 (e eu que até nnem tenho jeitinho para memorizar datas...). Concordo Cristina, comprem ou peçam emprestado e não devolvam ou...

Lembro-me assim sem mais nem ontem da música "espérame en el cielo" mas se ficar aqui mais um pouco sou capaz de me lembrar de cada uma das músicas deste cd duplo. Não o ouço a algum tempo mas nada como ter um lembrete chamado Cristina. Gracias.

Não conhecia a delicioso "definição" de Eça sobre a música.

Aqui fica o meu primeiro beijo do ano mas na ponta do nariz pois coisas há que não se devem mexer muito.

Fado Alexandrino disse...

Muito obrigado miúdas pela dica e pela crítica.
Já mandei vir via torrents e estou cheio de curiosidade de ouvir a Sara Montiel.
Parece que tenho outra vez vinte anos.

Cristina disse...

Dalloway

hoje acordei ao meio dia, bebi uma caneca de café, coloquei as colunas da aparelhagem na rua (a sala tem janelas-porta enormes), pus a rodas o 1º CD e fui jardinar. não sei se os vizinhos gostaram, mas também não interessa nada...:))

um abraço de Feliz Ano Novo bem apertadinho. e beijos, quantos queira.

Cristina disse...

Fado

eu tentei comprar na net, nos dois sites que uso (mp3-sale e go-music.ru) mas não tinha.

tentei o lime wire e não consegui fazer o DL...o costume.

portanto, FNAC e 9 euros e tal. baratinho até.

Fado Alexandrino disse...

Já chegou.
Estive a ouvir a música da Dalloway, mais a Sarita a Elis Regina e a Eartha Kitt.
Todas excelentes, amanhã ouço o resto.
Vou começar acho que muito oportunamente com:

111-lola_beltran-soy_infeliz

por causa daquilo

Cristina disse...

cala-te..... :(((

dalloway disse...

E vai dai que ao longo do dia ouvi o cd e lembro-me que na altura ao ouvi-lo pela primeira vez pensei e senti que gostaria muito que a música "se nos rompio el amor" tivesse sido, neste álbum, cantada por Rocio Jurado, não só porque foi feita para ela e ninguém a canta como "la mas grande" (tenho duvidas que ela não tenha escrito parte da letra) mas também porque uma vez, e por mero acaso, vi Rocio cantar esta música a capela e... sei que tive que me levantar para conseguir respirar de tão forte que foi a interpretação (e já conhecia a música antes daquele momento imenso...) Gosto muito desta letra, sinto-a como minha.
Eça compreende-me :)

Também não sei se os meus vizinhos gostaram mas sei que gosto desta sua forma de chegar até nós, seus leitores. Obrigada

E voltei ao cd para ouvir a música do Fado. Beijo para si e que o Ano seja Bom

Fado Alexandrino disse...

Muito obrigado pelos seus votos que retribuo com amizade.
Lá fui reler algo sobre a María Antonia Alejandra Vicenta Elpidia Isadora Abad Fernández .

Os seus apontamentos são sempre preciosos mas julgo que concordará que em termos portugueses a senhora já viveu o equivalente a praí umas oito vidas e 3/4.

dalloway disse...

Desde muito cedo habituei-me a Sara Montiel porque tenho um tio que adorava ouvi-la e hoje em dia quando o visito e sinto que ele está mais tristinho, lá vou eu colocar Sarita na grafonola e convido-o a dançar. Os discos são os mesmos da minha infância. se fosse para falar de Sara Montiel não saiamos daqui Fado mas talvez compreenda que tenha ficado um pouco desagradado quando disse que Rocio é "la mas grande". Não sou eu que digo, mas isso seria outra conversa.

dalloway disse...

(não sei o que aconteceu, publiquei sem ter acabado).
Certa vez estava em Houston e só ouvia falar do tão esperado espectáculo de Rocio Jurado e descobri que era espanhola. Tanto ouvi e ouvi que achei que o melhor era ver para perceber porquê tamanha importância no meio musical internacional. Vim mais tarde a saber que ganhou o prémio de melhor voz do sec.XX e a entrega desse prémio foi feita em NY com muita pompa e circunstância. Fui ver o espectáculo (acho que em 2001)
Reencontrei-me com Rocio em Novembro de 2005 num espectáculo gravado pela TVE com um intervalo de 2 semanas e emitido a 20 Dezembro de 2005. O espectáculo chama-se Rocio Siempre e foi editado em dvd e cd.

Rocio Jurado tinha regressado aos palcos depois de um cancro no pancreas operado em Julho de 2004 com respectiva quimio e radio.
Tive o privilégio de ter estado presente nos ensaios e respectivos dias de gravação.
Aproveito a inspiração da Cristina e recorro a Eça para dizer que concordo com a definição dele no que respeita à idade. Resumindo ele diz que temos 3 idades:
- a que vem no B.I.
- a que nos dão
- a que sentimos.
O que quero dizer é que Rocio nasceu em 1944 (para outros 1946) e quando a vi e senti naquele palco percebi várias coisas e uma delas é que aquela cantora tinha voz para dar e vender. Tivesse Sara Montiel o mesmo poder vocal aos seus 61 anos (não quero comparar Fado).

Quando o Fado tiver tempo vá ao google e escreve rocio jurado - siempre 4/12 e faça um esforço e ouça até ao fim. Depois escreva a mesma coisa e substitua os números e coloque 2/12. Esta última é assim deliciosa e a delicia foi tanta nos ensaios que chorei de rir porque o convidado não atinava com a letra (chegou a uma altura até eu já a sabia e já dançava...) e sempre pedia que Rocio não o tocasse porque o desconcentrava. Foi hilariante. Na altura do espectáculo claro que ele levou cabula e fugia de Rocio que para além de ser desconcertante era provocadora e a gravação mostra isso mesmo ao longo do espectáculo. São só 2 exemplos para aguçar-lhe a curiosidade.

Coisas há que precisamos de vivência-las e senti-las para termos a noção da dimensão que tem um artista a nível nacional e internacional. Uma coisa é gostarmos ou não e outra é sermos capazes de pegar na informação vivida mais a disponível e fazermos disso algo enriquecedor. Dificilmente deixo escapar estas coisas e confesso que não tem mais que dois meses que coloquei o dvd e algumas vezes sorri pelas memorias e vivências daquele espectáculo.
Foi preciso o Rocio Siempre para ter tido o privilegio de ter privado com Rocio Jurado e Sara Montiel

E porque tudo começou por causa de "se nos rompio el amor" deixo-lhe um link para o youtube onde Rocio canta essa canção ao som de uma viola. É o que mais se aproxima daquilo que ouvi quando cantada à capela. A imagem dela a cantar é de 2001, a outra imagem é Rocio a 10 de Janeiro de 2006.

http://www.youtube.com/watch?v=fG5jT6GurLs
(não sei enviar de outra forma)

Rocio Jurado faleceu no dia 1 de Julho de 2006.

*estarei algumas semanas sem comentar para que a xotora não me multe pela extensão do comentário (vou sair de fininho)

Fado Alexandrino disse...

Muito obrigado pelo link e pelas suas tão fabulosas memórias que nos dão a conhecer um pouco mais do Mundo.
E como estamos em matéria de saudade e de límpidas vozes deixo aqui e aqui duas ligações para aqueles que foram consideraados “rouxinóis”.
Até breve.