19 janeiro 2009



De tempos a tempos, a natureza entusiasma-se e concede a determinados indivíduos talento suficiente para pelo menos fazer despertar a esperança. É o principio de tudo. Mais tarde conversamos. Por ora, basta-me o calor da cama, o grande Eça e mais daqui a nada os marretas do costume. E a curiosidade de ouvir o Dr Dias Ferreira, homem de adjectivação fácil no que respeita aos sevandijas dos árbitros, comentar aquele golito do Vukcevic ao Rio Ave....bom...talvez no entusiasmo da goleada ao Paços a coisa escape....:p

1 comentário:

francis disse...

sevandijas é bonito...