03 dezembro 2008

o que um gajo faz por um tacho, ou a falta de vergonha,


realmente, não têm limites.....

A prestação da selecção portuguesa nos Jogos Olímpicos de Pequim ficou aquém das expectativas anunciadas por Vicente de Moura. O ainda na China, presidente do Comité Olímpico de Portugal fez duras críticas aos atletas. Disse mesmo que não se recandidataria. Até que, uma medalha de ouro providencial provocou uma imediata pirueta e o homem passou rapidamente a alinhar na sobejamente conhecida filosofia nacional do "não vejo razão nenhuma pra abandonar o cargo"....afinal correu tudo lindamente e a participação foi pouco menos que excepcional. Até a desgraçada da Vanessa Fernandes levou nas orelhas por dizer que havia ali malta que foi lá só pra participar nas olimpíadas do berlinde -maior escandalo!-.... afinal parece que não era só ela a achar que o "espírito olímpico" deve ter lá estado, mas noutra selecção qualquer.....e vêm agora mais um monte de atletas dizer preto no branco que o homem Moura não esteve à altura dos acontecimentos. Com várias modalidades olímpicas representadas, a comissão de atletas encabeçada pela "medalha da mudança", Nelson Évora, tem esperança de fazer com que algumas federações retirem o apoio a Vicente de Moura.. extraordinário...

Mas será que mesmo assim a velha carcaça não se toca??
.
ps- nem de propósito, fala o Boronha do motim a bordo..

1 comentário:

Fado Alexandrino disse...

O atleta dá hoje uma entrevista ao Público.
Comentei no meu blog.