31 outubro 2008


4 comentários:

Brancaleone, o autêntico disse...

Pois tá aí uma festinha que não me diz nadica de nada. Coisa de gringo. Festa de americano ou pseudo americano ou de aluno de cursinho de inglês.
Halloween não me serve. Uma boa festa junina (em junho) ou julina (em julho) cá na minha cidadezinha é um milhão de vezes mais divertida que ver criancinhas travestidas de aberrações.

Anónimo disse...

Parece que pegou moda! Não tenho nehuma ligação com essa festa mas se a malta se diverte então força...sempre houvi dizer que tristezas não pagam dividas.

dalloway disse...

A Agencia Lusa Informa:
Uma das minhas sobrinhas trouxe muitos amigos e isto aqui foi uma senhora hallowen party. Vi cada gato a transpirar saúde que não lhe digo nem lhe conto Cristina...tendo a sobrinha 28 anos e os amigos mais velhos que ela... valha-me a santinha!!
Vesti-me a Katy Perry com a roupa que ela aparece na capa do cd e portei-me como a piquena Katy e até cantei e dancei a música dela. A sobrinha e companhia acham que isto aqui é a melhor fnac da linha.
O resto não é contável até porque sou uma tia respeitada e respeitável.

Agora vou tentar nanar porque amanhã já sei que as crianças vão bater à porta bem cedo a pedir coisas e alguns já sabem que eu faço uns saquinhos cheios de surpresas então vão espalhando a noticia e de ano para ano o numero é grande e o mais curioso é que vêm todos ao mesmo tempo... e quando não estou em portugal nesta altura sempre ouço algumas queixas deles :)
Há mais de um mês que faço saquinhos em tecido para as surpresas...

Amanhã lá leio essa pouca vergonha dessas belas coxas...

dutilleul disse...

Há semelhança do que sucede com os distintos que me precedem, também eu me irrito com ritos de bárbaros que se vão insinuando sobre o berço.
IRRITA MESMO.