04 setembro 2008


Quase 90% dos informáticos roubaria dados da empresa se fossem despedidos...
Um estudo realizado por uma companhia de segurança, Cyber-Ark e encontrado no site Ars Technica , diz que a grande maioria dos técnicos de sistemas e telecomunicações não estariam dispostos a sair da sua empresa sem uma pequena vingança após despedimento.
88% afirma que roubaria dados dos servidores corporativos. Aproximadamente 1/3, dos 300 administradores de sistemas europeus questionados assegura que sairia com listas de senhas de acesso de toda a companhia.
(de tal modo que, o presidente de Cyber Ark, Udi Mokady, recomendou às companhias protecção adicional sobretudo depois de terem despedido pessoas.....não seria melhor antes?.)
Imagine...você tem acesso a dados relevantes para a empresa...é despedido, sente-se injustiçado ou mesmo traído. Na notícia, uns comentadores dizem que qualquer um o faria, outros que não, que os informáticos são profissionais com ética, outros que são como nas outras profissões, que em situação idêntica se vingariam. Um comentador diz que é a mesma coisa que começar a espalhar os "podres" da empresa.... tentador, portanto. Você o que faria se tivesse a oportunidade de deixam algum granel a correr...?
E já que falamos nisso, se lhe parece impossível, ou surreal, que diria se se tratasse do próprio do governo da nação???


El vacío de información abarca los ocho años de mandato del PP, de mayo de 1996 a abril de 2004. La explicación es que, antes de dejar el poder, el equipo dirigido por Aznar ordenó que se borrasen los archivos informáticos de Presidencia del Gobierno.
No fue un borrado rutinario, sino a conciencia. No se limitó a formatear los discos duros, lo que podría haber hecho cualquier usuario. Se borraron también las cintas con las copias de seguridad de los archivos informáticos. Para ello se recurrió a una empresa especializada, que presentó la correspondiente factura, de unos 12.000 euros.
Sólo que cuando llegó la hora de pagar ya había cambiado el inquilino de La Moncloa, por lo que fueron los socialistas los que tuvieron que asumir el coste de haberse quedado sin una información probablemente valiosa

7 comentários:

mar disse...

Nunca confiei mt nos informáticos, talvez por defeito de formaçãoacadémica... por isso a notícia não me admira


:)********

Hipatia disse...

E quem é que já se esqueceu das fotocópias de Paulo Portas?

O QUATORZE disse...

Boa Tarde
Roubar dados talvez não mas apaga-los talvez se fosse despedido, ah,ah,ah
Amizade
Luis

Cristina disse...

mar

a mim tambem não....e depois é aquela sensação de poder da posse do segredo...

Cristina disse...

hipatia

nops!!! esse nem precisa de fotocopias pra estar carregado de segredos...

Cristina disse...

quatorze

ahhh, tava a ver que não aparecia o "bandido"!! aquele formigueirozinho na ponta dos dedos não é??'' SEI...

:))

dalloway disse...

A quebra do sigilo profissional é tramada!