16 setembro 2008

e sabiam...



que José Saramago tem um blog? pois, tem.
Aos 85 anos, Saramago, conta "disseram-me que reservaram para mim um espaço no blog e que devo escrever para ele, o que for, comentários, reflexões, simples opiniões sobre isto e aquilo, enfim, o que vier a talhe de foice". Assim resolveu aceitar a proposta feita pela mulher Pilar, que comanda a fundação, e outros. Segundo a fundação, deverá "comportar-se como mais um dos blogueiros que povoam o ciberespaço, mas com uma característica especial a de que se soma agora ao universo de blogueiros um homem maduro, escritor e Prémio Nobel de Literatura". [estadão]

Saramago resgatou um texto antigo sobre Lisboa, segundo o próprio, uma verdadeira "carta de amor" à capital portuguesa.
"Decidi então partilhá-la com os meus leitores e amigos tornando-a outra vez pública, agora na página infinita de internet, e com ela inaugurar o meu espaço pessoal neste blog", escreve.
.
NO post de hoje-16 de Setembro.
Perdão para Darwin?
Uma boa notícia, dirão os leitores ingénuos, supondo que, depois de tantos desenganos, ainda os haja por aí. A Igreja Anglicana, essa versão britânica de um catolicismo instituído, no tempo de Henrique VIII, como religião oficial do reino, anunciou uma importante decisão: pedir perdão a Charles Darwin, agora que se comemoram duzentos anos do seu nascimento, pelo mal com que o tratou após a publicação da Origem das Espécies e, sobretudo, depois da Descendência do Homem. Nada tenho contra os pedidos de perdão que ocorrem quase todos os dias por uma razão ou outra, a não ser pôr em dúvida a sua utilidade. Mesmo que Darwin estivesse vivo e disposto a mostrar-se benevolente, dizendo “Sim, perdoo”, a generosa palavra não poderia apagar um só insulto, uma só calúnia, um só desprezo dos muitos que lhe caíram em cima....

1 comentário:

Pedro disse...

Obrigado por avisar. Assim não corro o risco de ir lá parar. Ao engano, claro está.