28 agosto 2008

¿Tan poco vales que tienes que pagar?.


La prostitución existe porque tú la pagas.

Duas frases que fazem parte de um cartaz da campanha de Sevilha de combate à prostituição, colocados em locais considerados estratégicos.

Talvez seja a primeira vez que acho uma campanha espanhola uma completa perda de tempo e dinheiro. Sim..... como quem tem que pagar não passa a valer mais, melhor seria regulamentar a situação, evitando a exploração e os problemas de saúde pública. Sobre o tema legalização, já aqui deixei a minha opinião.

2 comentários:

dalloway disse...

Para o tema escolho as "pastillas para no soñar" - a ideia era o "ya eyaculé" mas não encontrei.

http://www.goear.com/listen.php?v=b18bb2a

Bartolomeu disse...

Apoio a sua opinião, sobretudo no que diz respeito à saúde pública, que em portugal é inexistente.
Por cá, parece prevalecer um conceito moral incondicionalmente adepto do princípio, cada um que se amanhe. Homenagem a todos quantos se vão dedicando às nobres acções de informação, aconselhamento, rastreio e acompanhamento da problemática relacionada com as doenças sexualmente transmissíveis.