12 agosto 2008

afinal, nem todos os chineses são iguais....é como os fogos de artifício.

A menina chinesa que supostamente cantou "Ode à Pátria" durante a cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos de Pequim fez playback. E porquê? Porque estava com algum problema súbito na voz? nops...porque a verdadeira dona da voz "não era bonita o suficiente para representar a China", admitiu o director musical do espectáculo. Ou seja, a "Ode à Pátria" foi apresentada por Lin Miaoke -tratada pela imprensa como uma "estrela em ascensão"-, mas, as cordas vocais de onde saiu a melodia pertencem a Yang Peiyi, de cara redondinha e dentes pouco alinhados, o que lhe custou a presença na cerimónia.
«A razão pela qual escolhemos Lin, foi porque queríamos a imagem correcta, pensando que era o melhor para a nação», « é que precisamos colocar os interesses do país em primeiro lugar.” » declarações de Cheng Qigang, o director musical ao portal sina.com e, segundo o 20 min, já apagada. No entanto, as suas declarações estão publicadas em vários blogs como 21cn, e os internautas vão mostrando a sua indignação mostrando fotos das duas meninas...
A revelação aconteceu horas depois de o vice-presidente dos Jogos de Pequim, Wang Wei, ter admito a jornalistas que parte dos fogos de artifício exibidos na televisão durante a abertura eram imagens em terceira dimensão produzidas no computador.
"Algumas imagens foram produzidas antes da cerimónia para se obter um efeito teatral", disse Wei.
BBC

13 comentários:

ana v. disse...

Inacreditável! Mas então, pela mesma ordem de ideias deviam ter substituido o Marco Paulo chinês que cantou com a Sara Brightman por um galã mais convincente...
:)

alfacinha disse...

aqueles malditos chineses

immortal disse...

por acaso até achei a menina muito bonita e que cantava mesmo bem...raio, os chineses enganam-nos em tudo :)

Pêndulo disse...

Mas ainda há algo real nos Jogos Olímpicos e no desporto em geral? Ele é doping, amadores que vivem do desporto, etc. É tudo uma ficção.

Cristina disse...

é o que eu digo...os chineses hão-de nos enfiar a todos no cu duma agulha...

Animal disse...

antes isso que nos enfiarem uma agulha no cu...

a num ser daquelas de acupunctura


...e mesmassim...

dalloway disse...

A ilusão faz parte da magia.... e na verdade estes "enganos"/ batota que aconteceram na abertura dos jogos não me espantam porque é da CHI-NA que se trata! Se esta situação da criança tivesse acontecido num pais europeu então sim ficava admirada e talvez com vontade de agredir verbalmente alguém!
Não me sinto minimamente defraudada e não me importo mesmo nada que voltem a enganar-me no encerramento dos Jogo Olímpicos com tamanha beleza, encanto, querer, vontade, magia, determinação, sincronismo, perfeccionismo...UFA!!!

*Obrigada por ter mudado de música. Até me sinto importante e ...dengosa!

Beijo na ponta do nariz

Beatriz,tira o dedo do nariz disse...

Depois de fazerem caca, ainda dizem: "FIZEMOS CACA PARA VOS ENGANAR E PENSAREM QUE SOMOS UM GRANDE PAÍS COM RAPARIGAS BONITAS."
-_-

Rosa disse...

ai, ai...

Francis disse...

E ?

Cristina disse...

é engraçada esta filosofia chinesa do sacrificio pelo todo. natural para eles, desonesto(não sei se é este o termo mas não me lembro de outro) para nós. pela familia ou pela pátria é extraordinario como eles valorizam a aparencia acima de tudo. e nós é que temos a fama.

maria disse...

Uma vergonha, então a menina servia para cantar mas não para aparecer na televisão? E até não é verdade que a menina (cantora) também é muito bonita!

anrafel disse...

Samuel Jonhson cada vez mais atual, infelizmente: "o patriotismo é o último refúgio dos canalhas".

A primeira menina, a cantora verdadeira, é a cara da Cláudia Gimenez quando criança, se da etnia han fosse.