11 julho 2008

nem a mais negra noite pode ser eterna


Depois do sucesso no exame nacional de Matemática do 12.º ano, com a média nacional dos alunos internos a disparar para os 14 valores (em 20), agora foram os alunos do 9.º que revelaram uma melhoria muito significativa em relação à prova de 2007. A percentagem de negativas caiu de 72,8 por cento para 44,9 por cento, o que significa que há menos 38,3 por cento de notas negativas face à prova de 2007. 'pubico'

eu não disse?
Ora inda há pouco tempo não passava dos 6 ou 7 e eis que em um, ou mesmo dois anos, já os alunos mostram vastos, sólidos e consistentes conhecimentos dessa ciência obscura, porém dominável e mesmo ao alcance de várias ervas, chás, poções e unguentos. 14!! Portanto, quatro valorzinhos nos separam da extraordinária meta dos 18, como média nacional. Falta pouco. Mais umas infusões de lúcia-lima, uma tisana de alcachofra e chegamos lá....

2 comentários:

Melancia disse...

ou chás, ou a passagem de alunos com 7 negas... (sim, é sete; sim passagem).

isto passou-se, é mesmo verdade

Animal disse...

qualquer dia sêmos todos finlandêzes....