17 junho 2008

e pronto...



é o fascínio da Itália: à beira do abismo, mas mal um gajo se distrai já deram a volta ao texto...

11 comentários:

anrafel disse...

Em 1982, até jogar com o Brasil a Itália só vinha de empates. Foi campeã e Paolo Rossi, de triste memória, o artilheiro.

Em 2006, também não fez boa campanha e ganhou nos pênaltis.

Parece que é assim: os passionais italianos são iguais aos frios alemães - não se abalam diante das dificuldades e dos revezes aparentes.

Cristina disse...

anrafel

um Italiano nunca perde a pose :)) e olha que na hora do aperto, ajuda e muito.... :D


saudações lusas

Eric Blair disse...

Del Piero ..........

Animal disse...

a mim cheira-me a manobra da camorra. num sei do quéqestão a falar, mas se mete italianos, mete máfia. mai nada.

Brancaleone cá da ex-colônia disse...

Pois eu cá desterrado na ex-colônia dou poucas e até nenhuma pelo futebol.
"Num tô nem aí" como falam aqui os selvagens em suas perversões linguísticas.
Sofro aqui por não gostar de futebol e carnaval, posto que as hordas de ex-colonos adoram estas balbúrdias.
Por mim, tanto faz como tanto faria se o Kufiriquicurstão tivesse ganho esta competição.

Aliás, cabe aqui explicar que cá ainda estou por ter um de meus ancestrais se atrasado para a última nau que saiu levando de volta a família real para Lisboa. O desgraçado tri ou tatara vô pôs-se a entreter-se com uma rapariga indígena e com isso D. João voltou sem ele. Assim como ele, estou até hoje a gritar e agitar os braços, na esperança que alguem à popa da última nau olhe para trás e grite "homem à terra"...

Carminda Pinho disse...

Eu do que gostei mais, foi de ver a cara daquele sujeito, que dizem que é selecionador da França.
Toma lá ó padreca!

Mocho Falante disse...

ora viva

cá estou eu depois de um período mais longo de ausência.

Passei para matar saudades e deixar um beijo

Francis disse...

e os franceses foram de vela, lindo.

Pinguino Isterico disse...

Possas sr. animal lá tinha que vir falar do Pinto da Costa irra...

Margarida V disse...

claro que tínhamos que ganhar é a nossa garra, a força a honra de ser azzurro, enchi o meu blog de coisas da nazionale e até mandei o senhor domenech para um certo sitio

anrafel disse...

Se Henry jogasse a bola que ele acha que joga, Pelé perceberia um exagero em todas as homenagens que recebeu.