15 maio 2008

e vá-se lá dizer que não têm razão...


Havia um sinal a ser observado: segundo a imprensa chinesa, no dia 5 de Maio, centenas de milhares de sapos atravessaram uma ponte em Taizhou, Província de Jiangsu, cidade próxima ao epicentro do terremoto no sudoeste da China.
A migração anormal dos animais que, de modo repentino, invadiram as ruas de Mianyang no fim de semana passada, provocou comentários entusiasmados de blogueiros convencidos de que se tratava de um sinal anunciando de catástrofe natural. Obviamente, a agência estatal Xinhua minimizou a hipótese dizendo tratar-se de uma migração natural. "Existem muitas razões para explicar a anomalia. Um sismo é uma possibilidade, assim como as mudanças climáticas e as condições atmosféricas", declarou Zhang Guomin, analista do Instituto de Pesquisas Sismológicas.
No entanto, enquanto os mais velho afirmaram ter interpretado a fuga dos sapos como um sinal de um desastre iminente, os mais jovens, na altura, faziam piadas afirmando que os animais saíram para receber a tocha olímpica.....
O certo é que, a 12 de Maio, o desastre aconteceu mesmo. Os chineses chamam agora ao Chinese Earthquake Test Centersuseless”, as they were unable to even detect the earthquake before it happened.
De facto....nada como confiar na sabedoria animal.

6 comentários:

Francis disse...

no tsunami da ásia, foram poucas dezenas os animais mortos.
no sri lanka há testemunhos de pessoas que se interrogaram sobre o desaparecimento da grande maioria dos animais 6h antes.

Lola disse...

Cristina mais linda,

Sapinhos com sismógrafo???

Beijinhos

Desinformador disse...

Os sapos só saíram para ir fumar! Nada de mais...

immortal disse...

os bichos sentem o que está para a acontecer
sentem, sabem, vêm coisas que os humanos nem imaginam, daí não falarem :)

Pêndulo disse...

Já em 1979 Maria Armanda cantou "Eu vi um sapo". No ano seguinte venceu o Secchino d'oro e deu-se o terramoto dos Açores.
Nesse mesmo ano Mugabe é eleito presidente. Em compensação nasceu Gisele Bundchen.
O sapo é sábio.

Pêndulo disse...

Esqueci-me de que foi em 80 que morreu Sá Carneiro num desastre de avião. Anos depois deram o seu nome a um aeroporto. A mesma empresa de marketing criou o nome para uma agência de viagens "Cruzeiros Titanic"