20 abril 2008



O trabalho completo de Charles Darwin, as suas investivações, mais minuciosas do que se pensava, as suas teorias e anotações podem ser lidos desde esta semana on line. O texto está entre milhares de anotações pessoais do cientista que antes só estavam disponíveis na cientistas da Universidade de Cambridge e agora podem ser lidas no site darwin-online.org.uk. A publicação é a maior da história, com cerca de 20 mil itens e quase 90 mil imagens e é de tal modo grande que, mesmo se o utilizador conseguisse ver uma imagem por minuto, levaria mais de dois meses para ver todo o material. Inclui, entre outras raridades, a primeira edição do Origin of Species.
A colecção inclui, por exemplo, textos como observações do cientista sobre os pássaros de Galápagos e os primeiros registos das dúvidas de Darwin sobre a permanência das espécies.
Pode ver fotos de Darwin e família, recortes de jornais, críticas dos livros do cientista e até mesmo um livro de receita de Emma Darwin.
A leitura, deve ser tão fascinante como o próprio autor que mudou o nosso entendimento sobre a natureza para sempre.

3 comentários:

Ferroada disse...

Olá Cristina

Até pode ser que Charles Darwin esteja errado, mas que trabalhou muito para que fosse credível pela demonstração que os factos que observou, confirmaram, trabalhou como se pode ver pelo material ora disponibilizado on-line pela Universidade de Cambridge.
Acredito nas suas teorias em grande parte confirmadas... mudaram a forma dogmática de ver o mundo...
Obrigado pela informação
Um abraço
Carlos Rebola

Animal disse...

não consigo encaixar o PSD na teoria do gajo. ou será um daqueles bicharocos condenados à extinção?

Leonor disse...

não conhecia o site, obrigado pela informação