11 março 2008

mas voltando às peles..



Que tal a colecção Outono/Inverno 2008-2009 Jean Paul Gaultier inspirada nos contos de Charles Perrault? O exotismo do estilo étnico com peles de animais em casacos e botas, estampado de zebra, cabeças de raposa usadas como chapéu pelas modelos e o uso de peles de jumento, raposa, vison e cabra. Foi ostensivo... As cabeças de raposa são um acessório marcante da colecção, que apresenta também modelos com caudas de crocodilo.

Com as peles, o estilista homenageou uma de suas clientes mais fiéis, Catherine Deneuve, a intérprete de Donkey Skin (1970) no filme de Jacques Demy. Como de costume, a actriz estava presente no desfile. Uma verdadeira orgia de peles, literalmente, da cabeça aos pés.

7 comentários:

Desinformador disse...

alguém tem a direcção do JPG... para lhe enviar o Hanníbal Lecter!...

dalloway disse...

Gosto delas macias, cuidadas, cheirosas, apetecíveis e convidativas a badalhoquices.
Falo de peles pois então!!

immortal disse...

ele é que dava um bom jumento...
ou não...eu não o usaria :)

Cristina disse...

desi

credo! até lhe chegar à pele....tinha muito que picar :DD

Cristina disse...

immortal

eu gosto de peles. fazer o quê? gosto e muito :)

jinhos

immortal disse...

eu também gosto mas vivas :D !!

Cristina disse...

dalloway

:D como não?? eia, rapariga de bom gosto :))

beijos