26 fevereiro 2008

"há muita falta de memória, na política"



Sarkozy, reconheceu que não deveria ter insultado o homem com o qual teve uma discussão no último sábado (23), durante sua visita ao Salão da Agricultura, e a quem chamou "pobre imbecil". Em entrevista publicada nesta terça-feira pelo jornal Le Parisien, Sarkozy assinala que, embora seja presidente, "às vezes é difícil não responder a um insulto".

"Só porque você se torna presidente não significa que se transforme em alguém em quem se pode limpar os pés", afirmou, antes de acrescentar que "teria sido melhor não responder ao homem".

Ahhhh, é extraordinário que ninguém lhe lembre aquele famoso debate com Ségolène em que ele lhe disse que uma "futura presidente" não se podia descontrolar nem ser agressiva...pena....que dizer do nível de um presidente que não consegue conter-se perante a provocação de um cidadão?? Que além de imbecil, tem falta de memória e é mal educado?

3 comentários:

Francis disse...

não sejas assim pá...
ainda te vais lembrar dos debates Cunhal / Soares ?
olhe que não sr dr, olhe que não.

Cristina disse...

francis
eu só não me lembro do que não me interessa :))))

tá arredado ein? ;) beijinhos

immortal disse...

tenho cá para mim que foi por causa do registo audio, caso contrário negaria as palavritas, hum?