17 fevereiro 2008

preocupante,


segundo Marcus Pessoa.
Eu só vou falar de um medinho que eu tenho, afinal presidentes negros dos EUA parece que atraem catástrofes…
Em O Quinto Elemento, o presidente Lindberg (foto à esquerda) enfrentou um meteoro senciente superpoderoso, que ameaçava esfarelar a Terra ao se aproximar dela a grande velocidade.
Tom Beck (centro) enfrentou em Impacto Profundo um outro meteoro, que se partiu em dois e gerou um mega tsunami que alagou os Estados Unidos. O outro pedaço por pouco não destrói o nosso planeta.
Com David Palmer (direita) os EUA já sofreram em 24 Horas dúzias de ataques terroristas, com explosão de várias bombas atômicas.
Não sei não, mas se Barack Obama for eleito, o mínimo que se pode esperar é a Terceira Guerra Mundial…

16 comentários:

Desinformador disse...

vira essa boca pra lá Cris... sobretudo ser pensarmos que o Obama é visto como o novo Martin Luther King...

dalloway disse...

Marcus Pessoa cometeu um erro crasso de casting.
Todas as personagens aqui explicadas foram escolhidas para um determinado papel, para ficção televisiva/cinéfila. Ao contrário de Barack Obama que continua a prestar provas para ver se consegue o papel de actor principal nas eleições, e o director de casting é o povo americano. Se o intuito é fazer comparações então o melhor é fazê-lo com os anteriores e reais - porque é da realidade que se trata - presidentes dos EUA.

Ah, a cor da pele e o sexo (género) são cada vez menos um posto!

Alien8 disse...

Preocupante era se ganhasse o amigo do Chuck Norris, conhecem? Um tal Mike Huckabee... :)

Cristina disse...

desi

ja virei...:/ pronto, espero que o rapaz ganhe :)

Cristina disse...

dalloway

sem duvida, comparações só com quem ja la passou :))

no entando....o facto, e brincadeiras à parte, paira um certo medo, não acha? mais que não seja um "bom demais pra ser verdade" (mesmo sem se ter a certeza se é bom...)

Cristina disse...

alien

o da biblia?? cruzes!

dalloway disse...

Acho sim Cristina que esse medo paira no ar.
Isto de querer acreditar num "yes we can" não deixa de ser falacioso. Os americanos nas ultimas eleições tiveram a oportunidade de se redimir não votando em Bush e o resultado foi o que se viu.
A mudança requer preparação, querer, determinação e mantenho a minha opinião que os americanos continuam muito ambíguos nas suas decisões quando levados a votar.
Para além do "to good to be true", são confrontados com a urgência do voto na mudança. Muitas vezes a mudança causa insegurança porque é sinónimo de desconhecido. Obama personifica essa mudança.Indirectamente mas de forma exímia ele diz e pressiona: "ou vocês decidem agora ou estão lixados."
Desculpe-me a generalização, mas americano quando é confrontado só faz merda.

Tudo indica que a escolha será entre Clinton vs McCain ou Obama vs McCain, mas prognósticos só no fim do jogo :)

A vontade e o medo andarão de mãos dadas até Novembro lá para os lados das terras do tio Sam.

Eric Blair disse...

a coisa tá a ficar negra...

Astrid disse...

voto Hillary
da boa semana

Astrid disse...

voto Hillary
da boa semana

HarryHaller disse...

Minha cara amiga não confunda hollywood com a realidade.Acho que anda a consumir demasiados filmes norte americanos , recomendo-lhe uma dieta de cinema europeu.

Asta la vista Sra. Dra. médica

Lobo das Estepes

HarryHaller disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Sapka disse...

Cristinita, tens uma fixação erótica no Obama. A Hillary é melhor presidenta.

Cristina disse...

dalloway

é quase inevitavel a nomeação. depois veremos se têm tomates para arriscar..

Cristina disse...

Fernando

confundi o quê com quem???

cinema europeu é pra quem não tem nada mais emocionante pra fazer...:) coisa mais deprimente.

Cristina disse...

sapka
pra lá de erotica. embora erotico ja esteja de bom tamanho :)