16 fevereiro 2008


ora xamir procurar uma boa receita de chá de menta para a minha amiga dalloway. só um bocadinho....
Pensando bem, vou deixar aqui aquela que conheço melhor.
O chá marroquino não leva necessariamente hortelã (essa é a versão aromatizada thé à la menthe). É, na base, uma bebida feita com chá (o verdadeiro chá, camelia sinensis, e não qualquer das outras plantas que se usam em Portugal para fazer infusões e a que damos também o nome genérico de chá) e açúcar.
A esta infusão podem depois acrescentar-se ervas que aromatizam, embora com alguma frequência seja bebido simples; a mais habitual é a hortelã, na mesma variedade que temos comummente em Portugal, mas podem usar-se outras variedades de hortelã, poejo, tomilho, salva, artemísia, alecrim, etc.
O tipo de chá usado é chá verde - "thé vert de Chine", lê-se em todas as embalagens, algumas acrescentando "extra - chunmee" ou "sow mee". Este chá deve o seu nome à forma das folhas depois de enroladas, que lembram as sobrancelhas delicadas de uma mulher.
O sabor é um pouco diferente de outros chás verdes nomeadamente o açoriano Gorreana.
É preciso uma chaleira, um bule ou cafeteira que possa ir ao lume, chá verde da China, açúcar, copos (pequenos e estreitos, mas isso é um detalhe) e hortelã, ou outra erva aromática à escolha.
Ferve-se a água na chaleira. Coloca-se dentro do bule, o chá (a concha de uma mão, ou duas colheres de sopa rasas, para cerca de 4 dl de água).
O chá verde está sujo. E essa mesma sujidade quando vai a ferver deixa um sabor diferente se essas mesmas folhas estiverem bem limpas. O processo aqui é despejar àgua quente na quantidade de chá que queremos fazer ( quando este seco e acabado de sair do pacote ). Mexe-se durante 5 segundos e deita-se a água fora. Sai uma água cinzenta que realmente iria alterar o sabor.
Junta-se nova água a ferver em quantidade correspondente à quantidade que se quer fazer. Aqui, vi li uma quantidade de receitas diferentes mas vou dar a que ja vi executar várias vezes por uma pessoa que passa longas temporadas em Marrocos. Assim: No copo, cada um com o seu, coloca-se uma folha de hortelã e duas colheres de açucar. Macera-se a folha com o açucar, delicadamente durante 1 ou 2 minutos e depois é que se enche o copo com a infusão. Não vi este método descrito em lado algum, mas garanto que é delicioso e um ritual muito agradável. Apreciem.

7 comentários:

Gi disse...

Já me servi. Só me fez falta a música ambiente , tenho que ir à procura.

Um beijo, noite feliz e bom fim de semana

dalloway disse...

...tea for two and two for tea...

Cristina disse...

gi

beijinhos linda! bom fim de semana para ti também :)

Cristina disse...

doll

yep! já estou a ficar enjoada, com tanta água...vou passar ao vinho..:p

dalloway disse...

:))) enjoada por enjoada...

Anónimo disse...

Ana disse....
Gostaria de acrescentar que jà vi muitos marroquinos fazer o chà e tem toda a razao em dizer que se deita a primeira àgua fora (basta esperar um minuto)é isso que tira o sabor amargo ao chà....mas pode pôr as folhas de hortela directamente no bule(so as folhas e bem lavadas)com Bastante açucar,mexe-se bem,e como o ritual marroquino verter o chà de bem alto para pequenos copos de vidro.
Gostei muito dos seus blogs,fico fa!
Saudaçoes amistosas

Cristina disse...

Ana

obrigada plo comentario, volte sempre, o gosto é meu ;)

beijinhos