31 janeiro 2008

é melhor beber Vodka. Pode matar mas sempre proporciona grandes sorrisos antes da derrocada


Papa voltou a afirmar hoje, que a fecundação in vitro, técnica que é uma das últimas formas de ajudar mulheres inférteis a terem filhos e que corresponde à junção do óvulo com o espermatozoide fora do carpo humano, infringe a dignidade. E claro, que os valores morais pelos quais a ciência se deve guiar são o "respeito incondicional pelo ser humano desde sua concepção até a morte" e o "respeito da originalidade da transmissão humana através dos "actos dos cônjuges". Ora eu só ainda não entendi, porque é que o Papa não defende a escusa de qualquer tratamento que implique evitar a morte como evolução natural de qualquer patologia grave. Se não deve haver intervenção humana no nascimento, porque é que se aceita a intervenção na morte? Portanto....se o homem tiver um enfarte cuja evolução natural leva com grande probabilidade à morte, qual é a razão para a evitar através de meios "fabricados" pelo homem? Se tiver uma neoplasia, quer coisa menos natural que andar meses a fazer quimioterapia??? Não ha aqui alguma incoerência? ou é impressão minha?G1
.
só merdas que me chateiam...

15 comentários:

Anónimo disse...

:-)

abraço

intruso

immortal disse...

eu dizia-lhe o que é que infrige... é uma das(muitas) posições e opiniões que ele tem que não posso de modo algum concordar, nem entender, talvez e principalmente como mulher

Pêndulo disse...

Mas quando molham aquela coisa na caldeirinha e aspergem não estão a fazer uma bênção in vitro ?

Cristina disse...

intruso

outro :))

Cristina disse...

immortal


é este o Papa da reabilitação da fé..que seja, mas seja coerente e vá até ao fim.

Cristina disse...

P

achas que é por isso que têm tantos afilhados????? :)))

dalloway disse...

A vida esta cheia de incoerências e mais incoerente se torna quando a igreja, ou o seu representante máximo, tenta doutrinar o direito à vida, o direito à morte (refiro-me à eutanásia) e o direito à escolha!

Se uma pessoa fode é porque é perversa.
Se fode com preservativo é pecado até porque as doenças sexualmente transmissíveis não existem nem matam.
O aconselhável é foder (na terminologia papal deve ser - fazer amor) com o intuito único de procriar.
O acto masturbatório é recriminado , não vá criar calos ou crescer pêlos na mão.
Fecundação in vitro parece ser obra do demo.
E por aí afora...que é como quem diz... por ai adentro!

Tenho para mim que tudo o que envolva pintelhos a igreja tem sempre a tendência para se engasgar.

Quanto ao salvar vidas através dos meios fabricados pelo homem isso só vem reforçar a ideia que o Homem deve passar por privações e sofrer para encontrar o seu caminho (deve ser mais ou menos esta a "sentença"...mas com 'coiros' quando proferida).

Não é impressão sua, Cristina.

Carlos Duarte disse...

Cara Cristina,

Por acaso a doutrina da Igreja Católica é contrária ao prolongamento excessivo da vida por meios artificiais, i.e., um doente terminal ser mantido vivo, contra a vontade, através de meios artificiais. É preciso ter cuidado para não confundir com os casos em que o doente NÃO é terminal mas precisa de ser mantido vivo com auxílio de máquinas (caso de comas, p. ex.).

A Igreja não se opõe, por exemplo, a que um doente terminal recuse tratamento.

O grande problema da inseminação artificial não é tanto o ser "artificial", mas a) a existência de embriões supérfluos; b) a inseminação ser feita FORA do corpo.

aNa disse...

"Tenho para mim que tudo o que envolva pintelhos a igreja tem sempre a tendência para se engasgar."
dalloway, é essa mesmo a resposta que se adequa!
excelente!

Cristina disse...

dalloway

sempre lucida e sempre ludica :))

obrigada, um beijo

Cristina disse...

dalloway

sempre lucida e sempre ludica :))

obrigada, um beijo

Cristina disse...

carlos duarte

a partir do momento em que você evita a morte atraves de medicamentos ou maquinas ou procedimentos invasivos pode considerar que tem uma vida mantida artificialmente. nesse caso, pergunto: isso é o respeito incondicional pela morte? não deviam os catolicos aceita-la naturalmente quando Deus manda?????? é que ja perguntei isso a varios e nenhum achou que fosse um valor respeitavel....estranhamente.

Cristina disse...

ana

oi miuda! esta dalloway é uma preciosidade ca da casa :)))))

beijinhos

LM disse...

...e continuando na linha de formas de estar nojentas...
Bj

dalloway disse...

Sempre lúcida e sempre ludica?!
Aconselho a xotôra a consultar o DSM- IV/ CID -10.
Isto também serve para a aNa, não vá eu lembrar-me de comentar no seu blogue.