14 janeiro 2008

mais uma

novidade das eleições amaricanas, trazida da biscoiteria do Idelber
.
.
Denúncias de fraudes nas primárias de New Hampshire
.
Depois das primárias de New Hampshire, começaram a pipocar, nos dois partidos,
denúncias de fraudes relacionadas ao uso das famigeradas máquinas eleitorais Diebold.
No Partido Republicano, o candidato Ron Paul – o único que é crítico incondicional da guerra no Iraque – apareceu com zero votos no precinto distrito de Sutton. No dia seguinte, um apoiador de Ron Paul se apresentou e disse que ele e toda a família haviam votado no candidato, naquele mesmo distrito. Depois de confrontados com o fato, os responsáveis relataram que Paul havia recebido 31 votos em Sutton, que haviam sido deixados de fora das atas de votação por “erro humano”.
No Partido Democrata, ocorreu uma coisa curiosa: 81% dos eleitores votaram em distritos com máquinas eleitorais da Diebold. 19% votaram com cédulas de papel, contadas à mão. Onde houve votação eletrônica, Hillary Clinton venceu Obama por uma margem de 5%. Nos distritos com cédulas de papel, a vitória foi de Obama, por aproximadamente 4%; ou seja, uma diferença de 9%. Para quem quiser conferir os resultados, o link é
este. Já vários dias depois das primárias, discussão segue por aí.

1 comentário:

Desinformador disse...

entao imagine-se como vai ser no dia da eleição... vamos ter uma reedição da luta entre advogados de ambos os candidatos, tal como aconteceu há oito anos entre Bush Jr e Al Gore.