12 janeiro 2008

é isto Dalloway


"Alugando" o Alexandre Inagaki , a propósito de Mônica Salmaso e deste "Beatriz"(ver video),
No ano passado a cantora paulistana Mônica Salmaso gravou, junto com o grupo instrumental Pau Brasil, um magistral álbum-tributo a Chico Buarque intitulado "Noites de Gala, Samba na Rua". Se você nunca a ouviu cantando, caramba! Mas enfim, que bom que você enfim entenderá porque Edu Lobo, co-autor de "Beatriz" ao lado de mestre Chico, afirmou tratar-se da melhor voz que ouviu nos últimos anos. Uma interpretação de fazer escapar lágrimas no canto do olho.
.
Concordo com ele...e há na FNAC ;)

9 comentários:

dalloway disse...

Ainda tem o desplante de dizer tão somente:
"é isto dalloway"
e mostra o vídeo... e o Edu Lobo diz que é "uma interpretação de fazer escapar lágrimas no canto do olho". Para finalizar a artista ainda diz onde adquirir o cd.

Tenho pra mim xotôra que desde ontem que sofro ou de asma ou de asma. Das duas, três!

Observador disse...

Não sabia que a Dalloway cantava tão bem.
Bem que Mônica Salmaso se esforçapara a imitar mas ... não consegue.

Parabéns Dalloway.
Obrigado pela revelação, Cristina.

Cristina disse...

Dallowau

querida deixe "asmar" que eu sou médica :)) se precisar de umas bombinhas diga.

Cristina disse...

Hoje deixo-lhe outra coisa, pra melhorar e só pra si :)

Morena dos olhos d'água
Tira os seus olhos do mar
Vem ver que a vida ainda vale
O sorriso que eu tenho
Pra lhe dar

Descansa em meu pobre peito
Que jamais enfrenta o mar
Mas que tem abraço estreito, morena
Com jeito de lhe agradar

Vem ouvir lindas histórias
Que por seu amor sonhei
Vem saber quantas vitórias, morena
Por mares que só eu sei

O seu homem foi-se embora
Prometendo voltar já
Mas as ondas não tem hora, morena
De partir ou de voltar

Passa a vela e vai-se embora
Passa o tempo e vai também
Mas meu canto ainda lhe implora, morena

dalloway disse...

Mônica Salmaso parece ter nascido para colorir a vida.
Outra versão que faz o favor de mandar parar tudo.
Respiro d-e-v-a-g-a-r... mas com convicção
Obrigada Crisitna.

Cristina disse...

beijos :)

sem-se-ver disse...

permito-me discordar: a melhor é mesmo a original, por milton nascimento, e depois a de maria joão, num álbum chujo título não recordo e não me apetece ir confirmar qual seja.

:)

Cristina disse...

na verdade a musica é belissima e bons interpretes não faltam mas eu também acho que esta tem uma alma especial :)

um beijinho

Cristina disse...

ahh, abro excepção para a Maria João. a interpretação dela com aquela voz dela a tremer o tempo todo é-me mesmo insuportavel de ouvir..