03 janeiro 2008

Começou


Patricia Campos Mello, correspondente do Estadão em Washington:
.
(...)era o príncipe na imensa desolação nevada de Iowa - Barack Obama.
Quando o senador do Illinois subiu no palanque montado no meio de um prédio histórico aqui em Cedar Rapids, Iowa, as pessoas começaram a gritar. E não pararam mais. Testemunhei a mágica em ação. Era como se fosse um ídolo de rock – Obama Obama Obama! E ele só sorria. Começou a discursar, e as pessoas batiam palmas, cantavam, não paravam de gritar seu nome.
O carisma do senador é realmente impressionante. (..)Bem no começo, Obama justifica sua candidatura, considerada prematura por alguns – “a feroz urgência do agora”, como bem disse Dr King.
O senador foi ridicularizado por dizer que iria negociar até com os inimigos dos EUA, como Irã. Ah é? Tomem, críticos, um vintage John F Kennedy – “Não negocie por medo, mas não tenha medo de negociar”
Por fim, o ultraje definitivo a Hillary Clinton e suas platéias mais contidas.
“Também disseram que Bill Clinton era inexperiente, como eu”.
Pouca gente saiu de lá sabendo como ele vai fazer o que diz querer fazer. Mas muita gente saiu encantada. Resta saber se mágica vira voto amanhã no caucus.
.
E hoje, segundo sondagem da Zogby, no Estado de Iowa, o futuro da candidatura democrata parece estar nas mãos de Barack Obama com 31% das intenções de voto, seguido de John Kerry e em 3º lugar Hillary Clinton, com 24%. [el pais]

6 comentários:

Cristina disse...

Vamos lá ver quem é que vai seguir...já desliguei a tv, já não aguento mais ouvir sobre o assunto...

dalloway disse...

....muita água vai correr por aquelas pontes!

Francis disse...

mas os americanos estão loucos ?

Cristina disse...

cristina

imagino, se por cá é o que é, imagino aí!!! :))

um beijinho, Bom Ano.

Cristina disse...

francis

loucos por quê? :))


dall

pois vai, vai ser um BIG Carnaval.

MariaTuché disse...

Será que os Qamericanos vão quebrar o preconceito e ter um negro a votos para Presidente???

Olha eu até gostava de ver, tudo o que já li deste Senhor até avhei interessante, apesar de existeir sempre aquela dúvida de tudo o que parece nem sempre é!!

A ver vamos...