22 janeiro 2008

coisas que preocupam a inglaterra, e mesmo a europa...




Escolas britânicas vão aplicar uma nova estratégia governamental para combater a obesidade: os alunos começarão a ter aulas de culinária que passarão a fazer parte currículo obrigatório nas escolas secundárias para crianças entre 11 e 14 anos já no próximo ano lectivo.
Segundo um inquérito encomendado pelo governo britânico e divulgado em Outubro último, se a actual taxa de crescimento se mantiver inalterada, metade dos britânicos serão obesos dentro de 25 anos. Em relação ao excesso de peso, o inquérito indicou que este afectará cerca de 86% dos homens nos próximos 15 anos e 70% das mulheres nos próximos 20 anos.
A disciplina será obrigatória em todas as escolas da rede pública em pelo menos um trimestre do ano lectivo e o objectivo imediato é treinar assistentes e recrutar mais professores de tecnologia dos alimentos, tudo inserido na campanha de luta contra a obesidade que será lançada quarta-feira por Ed Balls e pelo ministro da Saúde britânico, Alan Johnson.
"Ensinar as crianças a cozinhar pratos saudáveis é um importante meio para as escolas ajudarem a criar adultos saudáveis (...) A minha mãe tinha uma paixão por tudo isso e foi ela que me comprou o meu primeiro livro de culinária", declarou o ministro da Educação britânico, Ed Balls, ao jornal Daily Mirror.
Balls, quer que as escolas públicas iniciem os cursos imediatamente e que o restante dos estabelecimentos de ensino façam o mesmo até 2011.
Em entrevista ao programa Today, da Radio 4, da BBC, Clarissa Williams da Associação Nacional de Directores de Escolas, disse que está preocupada em saber como é que as escolas obterão os recursos necessários: "Fogões, microondas, todos os utensílios, tudo custa muito dinheiro. Há ainda a expectativa de que crianças trarão os ingredientes e para alguns (...) isto pode ser difícil." No entanto, Balls responde que quer que 800 professores de culinária sejam treinados e prometeu dar às escolas o equivalente a cerca de US$ 5 milhões por ano para ajudar crianças de famílias carentes a pagarem os ingredientes.
.
tem Balls...

18 comentários:

Guida disse...

Esquecem-se do mais importante: a família! De que serve ensinar os jovens a cozinhar pratos saudáveis, se em casa não existirem bons hábitos alimentares e se as crianças puderem continuar a consumir fast-food sempre que lhes apetece? Julgo que a disciplina acabará por não passar disso mesmo(mais uma no currículo), a menos que os professores sejam tão especiais que consigam mudar mentalidades (o que me parece difícil aos 14, ou mesmo aos 11 anos).

P.S.:Hoje há sol!!!!!

Manel disse...

Proponho a criação de um imposto sobre a obesidade.

Fado Alexandrino disse...

Excelente aumento calórico de empregos.
Uma ideia para o José?

Helder Robalo disse...

A propósito de crianças, convido-vos a todos a pessar no Pensamentos e a ver o último texto que lá coloquei. E, já agora, a dar a vossa opinião.
Conto que sejas a primeira miúda ;)
Joka

cs disse...

desde que seja depois tudo arrumadinho s conforme regras da ASAE!!! Esses ingleses que se cuidem.

concordo com a Guida. A maioria das familias come mal. confessiona os pratos mal.

:)

LM disse...

Às vezes é o que basta...ter balls.
Beijo

Cristina disse...

guida

sem duvida que a familia é importante, mas a escola, é capaz de mudar uma geração inteira. os miudos habituam-se pelo menos a pensar numa coisa que antes nem questionavam, isso já é importante.

Cristina disse...

manel

não fales alto faxavor...

beijinhos

Cristina disse...

fado

olha, com aquela mania da vida saudável inda arranja uma ADAE para espiar os miudos e tirar-lhes os amburgueres da boca :))))

Cristina disse...

HR

ja vou...

Cristina disse...

cs

comem o que enche barriga...é mais isso..

beijos

Cristina disse...

lm

pois....digo eu, que gosto de dizer coisas...

:)

Eric Blair disse...

uma merda, esta sociedade

Cristina disse...

e da mal cheirosa...

dalloway disse...

Depois de ver estas fotos fiquei sem apetite de palavras mas com uma vontade incomensurável de mandar isto tudo para o *******!

Cristina disse...

mande...éfeio mas alivia, como a capital da Turquia :))

pingwyn disse...

na escola dos meus filhos ja e parte do curriculo aula de culinaria. Isso ja a 2-3 anos. Meu filho mais velho ate ganhou o premio de melhor bolo decorado da turma dele. Na aula eles escolhem o prato da proxima aula, como por exemplo uma sopa. AS criancas tem que procurar uma receita , comprar os ingredientes e na aula preparar o prato..a canja de galinha brasileira fez sucesso, a professora ate levou pra casa. Posso dizer que meus filhos aprenderam a aceitar a refeicao que tem em casa, pois aprenderam o que e uma refeicao saudavel. Antes das aulas eles reclamavam muito que tinham que comer frutas,salada e legumes todos os dias e que as outras criancas nao precisavam comer nada disso. Muito valida a iniciativa....

Cristina disse...

pingwyn

espectacular! de facto, quando se querem fazer alterações de mentalidade não ha nada como começar pelas crianças, que ainda não estão viciadas. eles apreendem tudo e pôem em pratica :))

parabéns, um filho que sabe ja cozinhar comida saudavel :))

beijos